YouTube vai punir canais com vídeos sobre fraude eleitoral nos EUA

0
95

A plataforma de vídeos YouTube anunciou, nesta quinta-feira (7), que os canais que publicam “alegações falsas” sobre a eleição presidencial dos Estados Unidos começarão a ser penalizados.

Normalmente, o YouTube envia um alerta aos infratores primários, mas essa prática foi suspensa devido aos eventos de ontem no Capitólio, sede do Congresso dos EUA.

Agora, a punição suspenderá os canais temporariamente de postar vídeos.

De acordo com o comunicado oficial:

“Devido aos eventos perturbadores que ocorreram ontem, e dado que os resultados das eleições já foram certificados, a partir de hoje — quaisquer — canais que postarem novos vídeos com falsas alegações de violação de nossas políticas receberão um strike.”

No mês passado, a gigante tecnológica já havia informado que removeria vídeos que alegassem fraude generalizada ou erros no eleição — o que afeta diretamente a base de apoiadores do atual presidente norte-americano Donald Trump.