VW é notificada por demora em atender recall de Golf, Jetta e Tiguan

0
105
Tiguan Allspace faz parte do chamadoVolkswagen

O Procon-SP, órgão de defesa do consumidor do estado de São Paulo, divulgou nesta semana ter enviado uma notificação à Volkswagen. A medida está relacionada a um recall envolvendo 7.095 unidades de Golf, Jetta e Tiguan Allspace.

Segundo a fundação, a fabricante errou ao dar um prazo muito longo para efetuar os reparos da falha que gerou o chamado, sem oferecer alternativas ao consumidor até lá.

Isto porque, de acordo com a convocação, as molas da suspensão traseira, foco do potencial problema, ainda estão sendo produzidas e só ficarão prontas para substituição em outubro.

Para o Procon, a empresa deveria informar: “os motivos para o lapso temporal de quase 90 dias para início dos reparos; quais medidas preventivas está tomando para sua solução”.

Além disso, o órgão questiona se a fabricante oferecerá carro reserva aos clientes que decidirem deixar de utilizar um dos veículos por causa dos riscos.

Jetta que faz parte do chamado já é o de nova geraçãoVolkswagen

O recall se dá por possibilidade de as molas traseiras terem sido fabricadas com matéria-prima que não atende às especificações padronizadas do produto.

Em casos extremos, há risco de quebra do componente, com chances de acidentes que gerem danos físicos e/ou materiais a motorista, passageiro e terceiros.

Fazem parte do chamado unidades dos seguintes anos-modelos, e com os respectivos códigos alfanuméricos (não sequenciais) de chassis (últimos oito dígitos):

  • Golf 2015 – FM069607 a FM081395
  • Jetta 2018 – JM502410 a JM506377
  • Tiguan Allspace 2018 – JM180701 a JM223151 e KM004199 a KM005197

Após a publicação, a Volkswagen enviou o seguinte posicionamento:

“A Volkswagen reitera o compromisso integral com a segurança, com a satisfação de seus clientes e com a legislação brasileira.

A empresa esclarece que está 100% aderente à nova legislação de recall em vigor desde primeiro de julho de 2019, portaria esta que veio para formalizar uma prática já recorrente, a de informação ao consumidor de recall a ser realizado no futuro.

Apesar da Volkswagen ainda não ter recebido oficialmente a notificação do PROCON-SP, a empresa solicitou, pró-ativamente, uma audiência junto ao órgão para esclarecer as dúvidas a respeito do recall de 7.095 unidade dos modelos Golf, Tiguan e Jetta, quanto à possível quebra das molas da suspensão traseira.

Sobre o atendimento dos veículos envolvidos neste recall, a Volkswagen informa que trabalha fortemente para antecipar o prazo de início da substituição das peças dos veículos afetados.”