Vigilância Sanitária recolhe materiais laboratoriais descartados inadequadamente

0
99

D R T .R J . 15855. Ivomar gomes Pereira.

A Vigilância Sanitária Municipal recolheu materiais laboratoriais descartados em um terreno baldio na Rua Rodrigo Pereira Almeida, no bairro Altiplano. A ação aconteceu nesta segunda-feira (21) em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam) e a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur).

A fiscalização ocorreu após uma denúncia recebida pela Vigilância Sanitária e, no local, foram encontrados tubos com amostras de sangue e coletores de exames de fezes. “Viemos até o local para fazer o recolhimento do material, que posteriormente será incinerado. Essa é a forma correta de descarte desses materiais, o que deveria ter sido feito pelo laboratório”, explicou Silvio Ribeiro, diretor da Vigilância em Saúde.

“O descarte realizado dessa forma expõe a população à contaminação, inclusive crianças que podem acabar se contaminando até mesmo brincando. Além disso, há também os riscos de contaminação ao meio ambiente que esses materiais podem causar”, destacou.

D R T .R J . 15855. Ivomar gomes Pereira.

Ainda de acordo com Silvio Ribeiro, a Vigilância Sanitária vai preparar um relatório e fazer denúncia ao Ministério Público da Paraíba (MPPB). “Vamos tentar descobrir qual foi o laboratório que descartou os materiais neste terreno, para que o autor seja responsabilizado por sua atitude”, afirmou.

A Vigilância Sanitária contempla os mais diversos campos de atuação, desde os específicos da área sanitária, até outros, como saneamento, educação e segurança. As ações desenvolvidas pela GVS são de caráter educativo (preventivo), normativo (regulamentador), fiscalizador e, em última instância, punitivo. São desenvolvidas nas esferas federal, estadual e municipal e ocorrem de forma hierarquizada.