Vídeo INÉDITO, recém-publicado mostra que o lado NUNCA se VIU desde o dia da morte de SENNA

Ayrton Senna leva sua Williams ao grid durante volta de instalação em Imola (YouTube/Reprodução)Ayrton Senna leva sua Williams para a rede durante a instalação em Imola (YouTube/Reprodução)

Não é todo dia que podemos ver novas imagens de um evento que ocorreu há duas décadas atrás. Mas a história é esta: uma fã que assistiu o GP de San Marino de 1994, da arquibancada decidiu digitalizar e publicar suas imagens em Imola no YouTube.

Thomas Gronvold viu a prova da arquibancada da reta dos Boxes de Imola, e fez uma série de gravações aparentemente despretensioso, que, depois de 22 anos, adquiriu o valor histórico inestimável. O vídeo foi divulgado pelo blog inglês WTF1.

Como muitos sabem, houve três acidentes graves que o fim de semana (nenhum dos quais estão registradas pelo cinegrafista). Além de bater Ayrton Senna na Tamburello, Rubens Barrichello capotou na Variante Bassa, pouco antes da entrada dos boxes, e Roland Ratzenberger morreu depois de passar reto na curva Villeneuve.

No vídeo Gronvold, é possível ver o Simtek do austríaco abrir a sua última volta. Em seguida, o médico helicóptero decola com o piloto, no sentido de Bolonha, e os restos do seu carro pode ser visto sendo rebocado.

A parte mais interessante do vídeo, no entanto, são os episódios menos conhecidos do que final de semana. Logo no início, Pedro Lamy bate forte contra a Benetton de JJ Lehto, que havia sido parado na grelha. Ambos os pilotos saíram sem ferimentos —e Lehto é aplaudido pela torcida.

Momentos mais tarde, depois da bandeira vermelha ser agitada por conta do acidente de Senna, a câmera capta Gerhard Berger correndo em direção aos boxes da Ferrari. Ele conversa, preocupado com um engenheiro, talvez, receber notícias sobre seu ex-companheiro de equipe. Berger abandonar a corrida no tempo para ver o Senna no hospital antes do anúncio da morte.

Há ainda outro acontecimento trágico que o 1º de maio: de repente, paramédicos lutando através dos poços de Imola carregando uma maca. Pouco antes, um pneu do carro de Michele Motores tinha soltado, ferindo alguns dos mecânicos.

Nada impressiona mais, no entanto, que a festa da torcida para a vitória de Michael Schumacher (na verdade, os italianos devem ter comemorado mais um segundo lugar, apesar de Nicola Larini). O autor do vídeo é explicar: apesar de algumas informações esparsas dada pela narração do circuito interno, sem ventilador havia sido informado da morte de Senna. Não os fãs, não os pilotos no pódio.

Na última quarta, Gronvold publicou uma segunda parte de suas filmagens, bastante mundano, o dia antes da corrida. Um belo contraponto, talvez, um dos fins de semana mais tensos da história da categoria.

VEJA TAMBÉM:

Deixe uma resposta