Vendas do HomePod aumentaram em 2019 mas Amazon e Google lideram

0
101
Vendas do HomePod aumentaram em 2019 mas Amazon e Google lideram
Vendas do HomePod aumentaram em 2019 mas Amazon e Google lideram

Red Magic 3S

A empresa Strategy Analytics emitiu um relatório hoje onde informa como foi a situação do mercado de colunas inteligentes em 2019. De acordo com os dados avançados, existiu um total de envios para as lojas de colunas inteligentes na ordem dos 146.9 milhões de unidades onde a Amazon destaca-se isolada como a campeã de vendas. Só a Amazon teve uma quota de 26.2% do total de colunas vendidas, o que mesmo apesar de ter descido ligeiramente em relação ao ano de 2018 com um total de 33.7% contínua a ser a líder incontestável.

No segundo lugar encontra-se a Google com 20.3% de vendas em 2019 comparado com os 25.9% do ano anterior. Marcas Chinesas como a Baidu, Alibaba e a Xiaomi todas elas tiveram um incremento de vendas e de quota de mercado em 2019. E em relação à Apple? Bem, as vendas do HomePod têm vindo a aumentar de ano para ano graças principalmente aos descontos efectuados pelo mercado de retalho como por exemplo a Best Buy.

Originalmente com um valor de venda de 349 dólares, o ano passado foi possível encontrar o HomePod a 299 dólares, descontos esses principalmente feitos em épocas festivas. Não quer dizer com isso que tanto a Google como a Amazon não tenham efectuado também descontos nas suas colunas durante esses períodos, mas a Apple foi a que efectivamente mais beneficiou, apesar da marca nunca ter vindo oficialmente dar qualquer informação sobre as vendas do HomePod. De relembrar que este relatório surge de uma empresa externa de estudos de mercado, onde os dados avançados pela mesma foram baseados em coisas como por exemplo indicadores das cadeias de fornecimento e de estudos de mercado efectuados.

O HomePod, a coluna de som inteligente da Apple surgiu em 2017 na Worldwide Developer Conference. O dispositivo comportava-se como um equipamento isolado para que os utilizadores pudessem desfrutar de ouvir música, interagir com a Siri, etc, no conforto de suas casas. Na altura, o CEO da empresa afirmou que este era um dos grandes momentos para a Apple e uma vez mais, depois do iPod, tinha reinventado desta vez a música em sua casa. Para que isso fosse verdade, a Apple dotou o HomePod com um som forte e de qualidade, com 7 tweets e uma precisão tremenda a nível de acústica, bem como encontrava-se incluído um woofer de 4” desenhado pela própria marca e com o processador Apple A8, tudo isto num dispositivo de 7” de altura.

Desde então o dispositivo sofreu um update de software a versão 11.4” que trouxe duas notáveis funcionalidades, 1) o AirPlay 2 e 2) o emparelhamento estéreo (o qual tinha sido prometido na altura do lançamento mas foi adiado para mais tarde). O AirPlay 2 permitiu então ao HomePod poder partilhar música por outros dispositivos compatíveis que o utilizador pudesse ter espalhados pela sua casa.

Fonte: 9to5Mac

Veja também…

Deixe uma resposta