Valor do FGTS que não for sacado até 31 de março voltará para o fundo!

0
974
Valor do FGTS que não for sacado até 31 de março voltará para o fundo!
Valor do FGTS que não for sacado até 31 de março voltará para o fundo!

Em setembro de 2019, o saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começou a ser liberado de acordo com o mês de aniversário do trabalhador. Atualmente, o valor já está disponível para todos aqueles que possuem saldo em contato e ainda não realizaram os respectivos saques das contas ativas e inativas.

Quem já sacou R$ 500 pode ter valor adicional a retirar. Aqueles que ainda não fizeram o saque de até R$ 998 tem até o dia 31 de março para resgatar o dinheiro. Caso o saque não seja feito, os valores irão permanecer no fundo de garantia. No entanto, ainda poderão ser retirados em situações previstas em lei, como demissão sem justa causa, compra da casa própria ou aposentadoria.

Os valores do FGTS estão disponíveis para saques de até R$ 500 ou de até R$ 998. O que determina se poderá retirar R$ 500 ou R$ 998 é a quantidade de dinheiro disponível no fundo do trabalhador no dia 24 de julho de 2019. A data refere-se ao dia em que a medida provisória que liberou o dinheiro começou a valer. Quem tinha até R$ 998 na conta, pode sacar o valor todo que estava nela. Quem possuía a mais, pode sacar no máximo R$ 500 por conta, respeitando o teto.

O limite extra, que corresponde a R$ 498 a mais, começou a valer em dezembro, quando o presidente Jair Bolsonaro liberou a modalidade. Na época, muitas pessoas já haviam sacado até R$ 500, agora elas poderão retornar aos bancos e sacar mais R$ 498.

Saiba quem tem direito ao saque adicional:

  • Quem tinha até R$ 998 e já sacou R$ 500, pode sacar até R$ 498 a mais;
  • Quem tinha até R$ 998 e não sacou R$ 500, pode sacar até R$ 998 por conta;
  • Quem possuía mais que R$ 998 e já sacou R$ 500, não pode sacar mais nada;
  • Quem possuía mais que R$ 998 e não sacou nada, pode sacar até R$ 500 por conta.

Como sacar o FGTS?

A Caixa liberou vários canais de atendimento para realização de saques do FGTS. Sendo assim, os trabalhadores têm à disposição alternativas para melhor facilitar suas vidas. Confira:

  • Lotéricas: saques de até R$ 100 com documento de identidade. Ou até R$ 998 por conta com identidade, cartão cidadão e senha;
  • Caixas eletrônicos: saques de até R$ 998 por conta com cartão cidadão e senha;
  • Agências da Caixa: saques de até R$ 998 por conta com documento de identidade;
  • Correspondentes Caixa Aqui: saques de até R$ 998 por conta com documento de identificação, cartão cidadão e senha.

Para ter um atendimento agilizado, é importante que o trabalhador vá ao local de saque munido, também, com a Carteira de Trabalho.

Como conferir o saldo do FGTS?

Trabalhadores interessados em sacar valores dos seus FGTS, podem conferir o saldo da conta em 24 de julho de 2019. A consulta pode ser feita por meio do site da Caixa ou aplicativo do FGTS, que está disponível na App Store, Google Play ou Windows Store. Para a consulta, é necessário criar um cadastro com senha. A transferência do dinheiro para outros bancos é gratuita.

Quem possui conta corrente ou poupança conjunta na Caixa e ainda não autorizou o depósito, é possível realizar o serviço da seguinte forma:

  • Internet banking
  • App FGTS
  • Site fgts.caixa.gov.br
  • Telefone 0800 724 2019
  • Direto em uma agência.

Após autorizar, os valores do fundo cairão na conta em até 20 dias.

Quem possui poupança individual na Caixa teve o dinheiro depositado automaticamente. Neste caso, quem está com o dinheiro na conta, mas não quer sacar deve avisar o banco até 30 de abril de 2020. Isso deve ser feito para que o banco recolha os valores e faça a devolução ao fundo. Essa solicitação pode ser feita pelo aplicativo do FGTS, internet banking ou site fgts.caixa.gov.br.

Até quando poderei sacar o FGTS?

Independente de quanto e quando foram liberados os respectivos valores, todos os trabalhadores poderão receber até 31 de março de 2020. Caso não seja realizado o saque, não há perda do dinheiro, que continuará disponível na conta FGTS.

Confira também: Descubra se você tem direito ao saque de até R$ 998 do FGTS

Deixe uma resposta