Validade da Carteira de Motorista (CNH) aumentou? Veja mudanças!

0
102
Validade da Carteira de Motorista (CNH) aumentou? Veja mudanças!
Validade da Carteira de Motorista (CNH) aumentou? Veja mudanças!

Com as novas regras anunciadas pelo Contran para formação de condutores, reduzindo a carga horária de aulas e o fim da obrigatoriedade do simulador, muitos também se perguntam sobre possíveis mudanças na validade da Carteira de Motorista (CNH).

Dentro desse contexto, o Projeto de Lei 3267/19, de autoria do Poder Executivo, pretende modificar o Código de Trânsito Brasileiro. O texto inclui a ampliação de cinco para 10 anos a validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de dobrar o limite de pontos para a suspensão do documento, passando dos atuais 20 para 40 pontos.

É importante destacar, no entanto, que nenhuma dessas possíveis mudanças está em vigor. Isso porque essas questões ainda estão em discussão na Câmara dos Deputados.

O que pode mudar caso o Projeto de Lei seja aprovado pela Câmara?

Suspensão da CNH

A pontuação para fins de suspensão do direito de dirigir permanece inalterável até então. Dessa forma, atualmente, o condutor poderá ter a CNH suspensa ao atingir 20 pontos ou mais no prontuário do documento no período de 12 meses.

Caso a PL 3267/19 venha a ser aprovada, esse limite pode ser aumentado para 40 pontos.

Transporte de crianças

Por lei, é obrigatório transportar crianças de até sete anos e meio em sistemas de retenção adequados para idade do passageiro. Ao infrigir tal regulamento, há uma uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 além do acréscimo de 7 (sete) pontos na CNH.

O que acontece é que o texto do PL traz para o CTB a suposição do transporte de crianças por dispositivos de retenção adaptados ao peso e a idade da criança. Ainda que essa previsão esteja em resolução, segundo o texto do PL o descumprimento dessas regras constaria em uma punição apenas com advertência por escrito.

Validade da CNH

Até então, o tempo de renovação permanece a cada três anos para as pessoas com idade superior a 65 anos e cinco anos para pessoas com idade igual ou inferior a 65 anos. A validade poderá ser alterada, no entanto, ela ainda não foi votada e portanto, não há prazo para entrar em vigor.

A PL prevê que o exame de aptidão física e mental seria de caráter preliminar e renovável a cada cinco anos para as pessoas com idade superior a 65 anos e a cada dez anos, para pessoas com idade igual ou inferior a 65 anos.

Luz baixa durante o dia

Também é pauta da PL o fim da obrigatoriedade do uso de luz baixa na maioria rodovias, sendo exigido seu emprego apenas para pista simples. Além disso, mudanças também foram acometido a natureza da infração, passando a ser então leve, à aqueles que flagrados nessa situação, passando a não ter mais multa, apenas o acréscimo de pontos na CNH.

Exame toxicológico

Por fim, o PL enviado ao Poder Executivo prevê também a revogação do Art.148-A, que por sua vez, estabelece que condutores das categorias C, D e E devem submeter-se a exames toxicológicos para a habilitação e renovação da CNH. Dessa maneira, é posível que o exame toxicológico passe a não ser mais obrigatório no processo de renovação da habilitação, no caso de aprovação da PL.

Deixe uma resposta