UPAs de João Pessoa realizam mais de 60 mil atendimentos de março a julho

0
145

Durante esses meses de pandemia, de março a julho, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio das quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) nos bairros de Cruz das Armas, Valentina, Bancários e Manaíra, realizou mais de 60 mil atendimentos à população da Capital, garantindo total assistência para essas pessoas. Desde o início da pandemia da Covid-19, as UPAs têm atendido pessoas com sintomas graves a moderados da doença, de forma que pudesse desafogar os hospitais que atendem casos de urgência.

A UPA Augusto Almeida Filho, localizada no bairro de Cruz das Armas, do início da pandemia, em março, até 31 de julho atendeu mais de 15 mil pacientes, que apresentaram sintomas de síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave. A UPA Cléo Pires de Sá, no Valentina prestou atendimento a cerca de 21 mil pessoas. A UPA Oceania e Bancários, juntas, no mesmo período, atenderam mais de 24 mil pacientes. 

Com a ajuda de uma equipe multidisciplinar e qualificada, o trabalho feito dentro das Unidades de Pronto Atendimento serve para acolher e classificar o risco do usuário, atendendo cada paciente dentro da sua real necessidade, e se necessário, fazer a transferência para hospitais.

Central de Orientação – É importante ressaltar que os profissionais da saúde orientam a procurar atendimento nas UPAs apenas em casos de sintomas gripais mais acentuados como febre e desconforto respiratório. Se a pessoa está com suspeita da doença e deseja tirar dúvidas, a recomendação é ligar para a Central de Orientação para Prevenção ao Coronavírus, por meio do telefone 3218-9214, no qual profissionais de saúde que estão de plantão, prestam esclarecimentos à população que apresentar os sintomas da Covid-19 e síndromes gripais. O serviço funciona 24h.