Tatá Werneck ouve nova música de Pabllo Vittar e revela: “Está atrapalhando a mim e a minha equipe”

GPS da FAMA

Tatá Werneck elogiou música de Pabllo Vittar. (Foto: Reprodução)

Tatá Werneck surpreendeu na tarde desta quinta-feira, 12/04, ao falar sobre a nova música que Pabllo Vittar lançou recentemente . ‘Indestrutível’ mostra a luta contra a homofobia, muito presente no Brasil nos dias atuais.

+ Além de Grazi Massafera, veja outras atrizes que receberam o “castigo” de Walcyr Carrasco em novelas

“Pabllo meu amor, eu amei muito, muito, seu clipe novo, é muito maravilhoso, mas está atrapalhando a mim e ao elenco [da novela Deus Salve o Rei, exibida no horário das sete pela TV Globo]. Eu estou gravando uma novela medieval e fico [cantarola um pedaço da música], mas parabéns, lindo”, brincou a atriz pelas redes sociais.

Pabllo Vittar fala sobre homofobia. (Foto: Reprodução)

Com as imagens em preto e branco, Pabllo mostrou cenas de ataque aos gays e a lutra contra a homofobia. O que mais chamou a atenção, além da letra da música, foi a mensagem final deixada pelo cantor.

+ Mariana Xavier relembra Dança dos Famosos e detona quadro do Domingão: “dança pra mim não é aquilo”

“São milhares de adolescentes que, assim como eu, sofreram esse tipo de agressão. Está na hora de transformar o preconceito em respeito, de aceitar as pessoas como elas são e querem ser, de olhar na cara da homofobia e dizer: ‘Eu sou assim e daí?’”

PABLLO VITTAR FALA DE SOFRIMENTO NA INFÂNCIA E REBATE CRITICAS

O cantor Pabllo Vittar lançou na noite da última terça-feira, 10/04, o clipe da música ‘Indestrutível’, que já era bem conhecida dos fãs e do grande público antes mesmo de ganhar toda essa produção. Em menos de uma hora o lançamento atingiu 190 mil visualizações no Youtube.

Com o hit, Pabllo sai do seu estilo mais animado e aposta em algo mais intimista. “Desde o começo pensei em ser o último single desse álbum. Eu sofri bastante na minha infância e adolescência e sabemos que muitos sofrem até hoje”, explica o cantor, que aparece chorando em diversos momentos durante o vídeo clipe.

‘Indestrutível’  também é um tapa a cara dos críticos ao cantor, que insistem em dizer que ele só grita e não canta. “Sei do meu potencial, estudo muito para aprimorá-lo e não me importo muito com essas críticas. Dá pra ver claramente os ataques homofóbicos velados que vêm com a crítica à voz e performance ou com o escudo de ‘é minha opinião e posso dizer’. Não ignoro críticas ao meu trabalho, mas filtro as que são construtivas e as que são apenas ataques de ódio”, afirmou Pabllo.

Tatá Werneck ouve nova música de Pabllo Vittar e revela: “Está atrapalhando a mim e a minha equipe”