Saída de Reynaldo Gianecchini causa caos em escalação de novela da Globo

Reynaldo Gianecchini deixou elenco de novela das 21h da Globo (Foto: Divulgação)
Reynaldo Gianecchini deixou elenco de novela das 21h da Globo (Foto: Divulgação)

Como o GPS da FAMA já informou, a Globo surpreendeu todo mundo quando decidiu mexer na escalação principal da novela Bom Sucesso, que está sendo escrita para a emissora pelos autores Paulo Halm e Rosane Svartman e que deve ser exibida no horário das 19h.

A emissor promoveu a saída de Reynaldo Gianecchini do elenco, e o veterano foi substituído por Romulo Estrela. Romulo, vale lembrar, foi destaque recentemente ao protagonizar a novela Deus Salve o Rei, também no horário das 19h.

+Ignorado e dispensado por Bolsonaro, Dr Rey faz desabafo após tentar ser ministro

Acontece que, de acordo com a jornalista Patricia Kogut, do O Globo, essa decisão da emissora mexeu com toda a escalação da trama. Isso por causa da diferença de idade entre os atores, o que fará com que a Globo mude o perfil dos personagens principais.

A DECISÃO DA GLOBO

Reynaldo Gianecchini foi chamado recentemente pela Globo para renovar o seu contrato, que foi estendido por mais 4 anos. Na ocasião, ficou decidido qual será o próximo trabalho do ator na dramaturgia da emissora, como protagonista de Bom Sucesso, a nova novela das sete.

No entanto, de acordo com a colunista Patrícia Kogut, a emissora decidiu tirá-lo da trama de Rosane Svartman e Paulo Halm e transferi-lo para a nova novela das nove de Walcyr Carrasco. Ele estará na novela que substituirá O Sétimo Guardião no horário nobre.

O ator Reynaldo Gianecchini. (Foto: Reprodução)

Dessa forma, quem ficou em seu lugar na novela Bom Sucesso foi o ator Romulo Estrela, que ficará com o personagem principal e disputará o amor de Grazi Massafera, uma costureira que cria os filhos sozinha, com Antônio Fagundes, seu pai na história.

Sendo assim, Gianecchini repetirá a parceria com Walcyr, após o sucesso de Verdades Secretas, na qual interpretou um garoto de programa. Dentre os personagens mais marcantes da carreira do ator estão: Edu de Laços de Família (2000), Tony de Esperança (2002), Paco e Apolo em Da Cor do Pecado (2004), e Pascoal em Belíssima (2005).