ONG detona Latino por criar macaco em casa: “Não é pet”

GPS da FAMA

O cantor Latino e seu macaco. (Foto: Reprodução)
O cantor Latino e seu macaco. (Foto: Reprodução)

Nesta última quarta-feira, 21 de março, a ONG Ampara Silvestre teceu duras críticas ao cantor Latino por conta da criação de seu macaco, Twelves, que veio a falecer nesta semana após ser atropelado no Rio de Janeiro.

Por intermédio das redes sociais, a instituição manifestou indignação e fez um desabafo. “Já era a segunda fuga do macaco prego, ambas foram na mesma região, local de mata. É evidente que ele sentia a necessidade de um contato maior com a natureza e liberdade”, disparou a organização.

+ Denilson se empolga, chama Renata Fan para dançar sertanejo ao vivo na Band e tem resposta negativa

E continuou: “Entendemos o encanto que os animais causam nas pessoas, mas isso não lhes dá o direito de tê-los. Compartilhem informação. Silvestre não é pet! Seu lugar é na natureza e podermos vê-los em seu habitat natural é inigualável”.

Apesar das críticas, a ONG lamentou a fatalidade com o animal. “Gostaríamos de deixar claro que a morte também doeu em nós, mas não podemos deixar de nos posicionar sobre mais um caso de animal silvestre tratado como pet”, disse em outro trecho do post.

LATINO MANDA CREMAR CORPO DO MACACO, MAS NÃO VAI À CERIMONIA

Conforme já informado, o macaquinho de Latino, o Twelves, morreu atropelado por um carro no condomínio em que o cantor mora, nesta terça-feira.

Muito abalado, ele segue sem dar entrevistas e estaria evitando a presença até de amigos. Buscando forças, Latino decidiu se despedir do seu pet e marcou uma cerimônia de cremação do corpo dele.

Antes, em redes sociais, o cantor afirmou que estava vivendo um dos momentos mais difíceis de sua vida, e que estava ‘sem chão’. O macaco tinha 5 anos e era quase um filho para Latino.

De acordo com o Uol, a cerimônia de cremação de Twelves estava marcado para as 11 horas desta quarta-feira, em um crematório de animais. Mas Latino e sua noiva não compareceram.

Procurada, a assessoria do famoso informou que ele e a noiva, Jéssica Rodrigues, estão muito abalados e não conseguiriam se despedir de Twelves, morto menos de 24 horas antes.

O bicho foi cremado no cemitério e crematório de animais Pet’s Garden, localizado na Ilha de Guaratiba, zona oeste do Rio. Muito mal, Latino até adiou a gravação de um clipe, que ocorreria nesta quarta. A parceria com o MC G15 foi adiada para quinta e sexta desta semana. A música se chama “Novinha Experiente”.

+ Rosamaria Murtinho relembra incêndio na Globo e faz revelação sobre bastidores

Twelves era uma espécie de macaco prego e tinha um perfil no Instagram com quase 130 mil seguidores, onde fazia muito sucesso. No ano passado, ele chegou a fugir, mas foi encontrado um dia depois, após grande mobilização da vizinhança.

De acordo com o Uol, o serviço funerário do macaco sairia por pelo menos R$ 540 reais, com a cremação individual de Twelves e a devolução das cinzas para o dono.

ONG detona Latino por criar macaco em casa: “Não é pet”

amei