O Outro Lado do Paraíso: Fabiana é humilhada e acusada de crime

GPS da FAMA

Fabiana (Fernanda Rodrigues) em cena de O Outro Lado do Paraíso (Foto: Reprodução/Globo)
Fabiana (Fernanda Rodrigues) em cena de O Outro Lado do Paraíso
(Foto: Reprodução/Globo)

Fabiana (Fernanda Rodrigues) será humilhada e acusada de crime nos próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso, novela das nove da Globo. A vida de megera vai começar a mudar – para pior – depois que ela perder a disputa com Clara (Bianca Bin) na Justiça pela fortuna deixada por sua avó, Beatriz (Nathalia Timberg).

A sequência terá início quando o processo contra a mocinha for julgado. Patrick (Thiago Fragoso) aparecerá com a nova diretora do hospício onde Clara e Beatriz ficaram internadas no passado, que acabará sendo a testemunha chave, além de documentos que conseguiu com a mulher.

“Dona Beatriz sempre esteve mentalmente sã. Mesmo sem tomar os remédios. Certa vez ela confessou que não fazia uso deles. Eu tenho os registros com a data de cada avaliação. Entreguei todos ao então diretor da instituição. Eu queria que dona Beatriz voltasse para casa. Que fosse feliz”, dirá Hermínia (o nome da atriz não foi divulgado), que entregará laudos ao juiz.

+ Resumo dos próximos capítulos de Deus Salve o Rei

“Todos chegaram a mesma conclusão. Dona Beatriz era mentalmente sã. Está aí nos registros. Ela e outros pacientes, sãos, foram mantidos no hospício por duas gestões de diretores. Por dinheiro. O escândalo foi muito grande. Quando se descobriu que certas famílias mantinham parentes no hospício para se apossarem de suas fortunas”, revelará a atual diretora do hospício.

Ao ser questionada por Patrick sobre quem mantinha Beatriz no hospício, Hermínia vai desmascarar Fabiana: “A própria neta dela, como foi descoberto posteriormente”. “Graças à doutora Hermínia tive acesso aos registros dos depósitos feitos por Fabiana de Sá Junqueira em nome do antigo diretor”, falará o advogado, que entregará pasta com documentos ao juiz e o deixará horrorizado.

“Minha tia avó, Beatriz, estava em plena posse de suas faculdades mentais quando doou as telas à Clara Tavares. As provas estão aí. Tem mais, vou denunciar minha prima por ter mantido minha tia avó em cárcere privado, com o conluio desse diretor, que hoje está na cadeia por casos semelhantes!”, prometerá Patrick.

“Senhor juiz, talvez seja melhor um recesso pro senhor pensar melhor na sentença”, pedirá Renato (Rafael Cardoso). “Não é necessário. Já tomei minha decisão. Atesto que Beatriz de Sá Junqueira estava mentalmente sã quando doou as telas para Clara Tavares. Declaro o direito de Clara Tavares a sua fortuna. Todos seus bens estão desbloqueados”, sentenciará o juiz.

Fabiana dirá que a decisão do magistrado é um “absurdo” e ele dará uma lição na megera. “Agradeça não sair daqui presa, para responder sobre a internação de sua própria avó, para se apoderar de sua fortuna. Mas ainda será julgada. Em todo caso, permita-me uma observação particular. Dona Fabiana, a senhora me enoja”, falará o juiz, que sairá logo em seguida.

Enquanto Renato e Fabiana sairão furiosos com a derrota, Clara e Patrick vão comemorar a volta por cima. “Você foi genial, Patrick. Conseguiu provar que a Beatriz era sã, passado tanto tempo”, falará a mocinha. “Pesquisei na internet, li sobre o escândalo. E resolvi procurar a atual direção. Tive sorte. Encontrei a doutora Hermínia”, explicará o advogado.

“Nunca achei que o Patrick fosse remexer os arquivos do hospício. Eu devia ter tomado providências. Ia até o hospício e queimava o arquivo. Antes de iniciar o processo”, lamentará Renato. “Entrei como autora da ação e saí como ré”, dirá Fabiana.

As cenas vão ao ar em O Outro Lado do Paraíso a partir do capítulo do dia 10 de abril.

O Outro Lado do Paraíso: Fabiana é humilhada e acusada de crime

amei