Justiça bate o martelo e Gusttavo Lima tem bens penhorados

GPS da FAMA

Gusttavo Lima (Foto: Divulgação)
Gusttavo Lima (Foto: Divulgação)

As coisas não andam nada bem assim para o sertanejo Gusttavo Lima após decisdecisão judicial que o condenou por crime de plágio.

A justiça determinou que ele pague 2,5 milhões de reais pelo crime e caso não cumpra com a ordem, deverá ter seus bens penhorados.

+Globo montará estúdio panorâmico no centro da capital russa para cobertura da Copa

A juíza Maria Cristina Lima, ainda ordenou a apreensão dos CDs que contém a canção. “Prazo de cinco dias, sob pena de prosseguir o feito com o julgamento no estado do processo. Escoando o prazo, certifique o Cartório o cumprimento ou não da determinação e voltem conclusos”.

De acordo com o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), a música “Que Mal Te Fiz Eu (Diz-me)” foi registrada em outubro de 2008 na Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), com sua utilização autorizada sem exclusividade, no entanto, não deveria sofrer nenhum tipo de alteração na letra, o que acabou acontecendo.

+Anitta reclama de publicação feita pelo marido, dá bronca na internet e ele tenta abafar

Por meio de uma nota, o sertanejo explicou o caso: “Gusttavo Lima gravou uma versão, e toda versão é aprovada pelo autor por sofrer alterações pela mudança do idioma. A letra versionada é enviada aos responsáveis pela aprovação. Esta mesma versão foi gravada pelo cantor Tayrone Cigano, pelo qual Gusttavo tomou conhecimento da canção”.

Justiça bate o martelo e Gusttavo Lima tem bens penhorados

amei