Joyce Ribeiro comenta a importância e comemora ser negra e ter destaque na TV

GPS da FAMA

A jornalista Joyce Ribeiro. (Foto: Reprodução)

Joyce Ribeiro, que foi dispensada do SBT há mais de um ano, ficou um período fora das telinhas, mas voltou em grande estilo na TV Cultura, à frente do principal jornal da casa.

Atualmente, diga-se de passagem, ela possui muito mais liberdade do que tinha na época em que trabalhava no canal de Silvio Santos, que decidiu apostar em ‘talentos’ como Dudu Camargo e Marcão do Povo nas manhãs, deixando, por exemplo, Joyce e Hermano Henning de lado.

Ao colunista Maurício Stycer, a jornalista comentou: “Minha chegada ainda é envolta nesse estranhamento. Ainda é uma notícia”. E acrescentou: “Em 2018, a presença de uma mulher negra em papel de destaque na TV é tão questionada e chama tanto a atenção”.

“A gente vive um momento de tomada de consciência. Já há uma percepção de que enquanto estiver bom apenas para uns em detrimento de uma situação completamente desfavorável pro todo, não estará bom pra ninguém”.

+ Yudi Tamashiro fala das inúmeras críticas que recebeu após se tornar evangélico

E mais: “Esta é uma percepção que vem se espalhando muito lentamente, mas tem sido, sim, notada. A minha presença é sim motivo de comemoração. Mas a gente ainda está num início de processo”.

E mostrou-se alegre em estar onde está hoje: “É um prazer pra mim incrível, por que representa uma vitória coletiva. Então a minha presença representa a vitória de muitas pessoas, que mandam mensagens pra mim falando justamente isso ‘Nossa, você chegou neste lugar, e isso representa tanto pra a gente, tanto pra a nossa comunidade, tanto pra as nossas crianças, por que se assistir de uma maneira positiva conta’”.

Ela ainda comentou o descaso do SBT (vulgo Silvio Santos) com o jornalismo, e disse que, enquanto jornalista, lutava para reverter este quadro no canal, tentando valorizar o jornalismo e fazê-lo crescer.

.

Joyce Ribeiro comenta a importância e comemora ser negra e ter destaque na TV