Globo erra feio, se confunde e narra crime que nunca existiu

GPS da FAMA

Tramontina. (Foto: Divulgação)

A Globo deu uma mega bola fora na noite desta terça-feira, dia 10 de abril, no jornal local SP2, comandado por Carlos Tramontina antes da novela das sete.

No jornal, algo deu errado e foi ao ar uma reportagem noticiando um caso, com imagens de outro caso bem diferente, ocorrido muito longe de São Paulo, no Ceará.

Acontece que reportagem especial do telejornal da Globo exibiu um roubo a mão armada que teria acontecido no estacionamento de um centro comercial em Perdizes, na zona oeste de São Paulo, e detalhou os passos dos criminosos e a reação da suposta vítima.

Mas… o que os jornalistas e editores do SP2 não esperavam é que as imagens que foram ao ar narrando o tal crime já tinham sido exibidas, 6 dias antes, no Bom Dia Ceará, como sendo de um assalto que ocorreu em Fortaleza, capital do Estado nordestino.

Após citar casos registrados em Brasilândia (zona norte), Capão Redondo (zona sul) e Campos Elíseos (centro), a reportagem do SP2 mostrou cenas de um assalto em um estacionamento, identificado como um centro comercial do bairro de Perdizes. Mas as tais imagens não eram do crime.

“Na zona oeste, os motoristas também são alvos de ladrões. Só que em Perdizes, os assaltantes abordaram as vítimas de outro jeito. O homem de regata branca é a vítima. Ele caminha tranquilamente por um centro comercial da Rua Cardoso de Almeida e não percebe nada de anormal no carro preto e vidros escuros estacionado ao lado. De repente, o ladrão sai armado do lado do carona e rende a vítima, que fica sem o carro”, narrou o repórter Giba Bergamim Jr.

+ SBT se manifesta sobre a possível próxima reprise das 21h

Já em 6 de abril, no Bom Dia Ceará, as mesmas imagens foram exibidas, mas como sendo de outro crime, que ocorreu em Fortaleza. O vídeo do jornal cearense mostra o momento em que o carro que transportava o assaltante deixa o estacionamento, como disse em narração o apresentador Leal Mota Filho.

Veja o que Mota disse, na ocasião: “A gente vai acompanhar agora as imagens de um circuito interno do estacionamento de um centro comercial do bairro de Sapiranga. A vítima chega para pegar o carro, mas aí logo em seguida aparece um ladrão armado, que toma as chaves. O carro em que o suspeito estava sai, e depois ele mesmo sai dirigindo o outro. Nós procuramos a Secretaria de Segurança Pública para saber detalhes aí desse caso, dessa ação. A delegacia da Cidade dos Funcionários, que atende o bairro, não registrou nenhum boletim de ocorrência”.

Carlos Tramontina se explicou sobre o caso nesta quarta-feira: “Ontem, numa reportagem sobre a concentração de registros de roubos e furtos da capital, mostramos erroneamente os registros de um assalto que teria acontecido em Perdizes. Pela falha, nós pedimos desculpas”, disse Tramontina.

Vale dizer que no SP2, a reportagem de Giba Bergamim Jr. e Rodolfo Viana, intitulada como Mapa dos Roubos, mostrou quais delegacias da cidade mais registraram este tipo de crime no ano passado. Carlos Tramontina abriu o telejornal anunciando que se tratava de um levantamento exclusivo feito pela produção do jornal.

Globo erra feio, se confunde e narra crime que nunca existiu

amei