Demitida do SBT por brigar com policial, jornalista pede desculpas e processo ganha reviravolta

GPS da FAMA

A repórter Melissa Munhoz. (Foto: Reprodução)

A repórter Melissa Munhoz, que foi demitida do SBT após brigar com o agente de trânsito Alexander Sabino da Silva, entrou em um acordo no processo com o funcionário público.

O processo criminal sofreu um reviravolta e foi encerrado após a jornalista estar disposta à fazer um pedido de desculpas formal ao agente.

O caso aconteceu em abril deste ano quando Melissa estava gravando uma reportagem para o SBT. Ela bateu boca com o agente e o vídeo da briga viralizou nas redes sociais. Melissa então foi demitida da emissora de Silvio Santos horas depois do acontecimento.

+Após ser chamada de gorda, Preta Gil aparece de biquíni e manda indireta

Em sua rede social, Melissa desabafou sobre o caso. “Hoje eu estou feliz porque eu encerrei um difícil ciclo, virei uma dura página da minha vida.  Eu sei que nem todos vão me entender, que podem me atacar gratuitamente, mas eu venho a público, de peito aberto, pedir as mais sinceras desculpas ao guarda municipal Alexander Sabino da Silva, a quem ofendi enquanto estávamos exercendo as nossas funções na Praça XV, no Rio de Janeiro. Durante o nosso desentendimento, eu me excedi”.

Em conversa com o UOL, o advogado de Melissa, Luiz Gullo, afirmou que o agente não quis dar continuidade ao processo. “E, em contrapartida, a defesa ofereceu um pedido de retratação nas redes sociais em nome da instituição, da Guarda Municipal”.

RELEMBRE O CASO

O bate boca começou porque a repórter estacionou o carro da emissora em cima em local não permitido e se recusou a retirar o veículo.

“A sua obrigação é chegar, avisar, informar o motorista e não chegar já multando e enfracionando. Está me gravando porquê?”, questionou ela. Melissa ainda deu um tapa na mão do agente que estava filmando.

Cidade Alerta da Record desbanca novelas da Globo e tem liderança histórica de 48 minutos

“Está me filmando porquê? Te dei autorização para filmar? Palhaço, babaca. Isso é abuso de autoridade, tá!”, gritou ela. “Olha só, me ameaçando. Diz ela que não esta errada, não. É do SBT. Parou aqui, estacionou na calçada, com o porta mala aberto. Falou que tem direito porque está filmando”, reagiu o guarda.

“Você não é ninguém”, respondeu Melissa ao questionar o nome do homem. O SBT se pronunciou dizendo que a repórter feriu o código de conduta da emissora e por isso ela foi desligada do quadro de funcionários.

Demitida do SBT por brigar com policial, jornalista pede desculpas e processo ganha reviravolta