Cine Espetacular e The Noite superam TV Globo e conquistam 1º lugar de audiência em SP

GPS da FAMA

The Noite venceu o Conversa com Bial. (Foto: Reprodução)

Na noite de terça-feira, dia 15/05, o SBT exibiu o filme ‘Não Aceitamos Devoluções’ e garantiu o primeiro lugar no ranking geral das audiências. Na média geral, das 23h27 às 01h08, o Cine Espetacular marcou 8,3 pontos de média, 22% de share e 11 pontos de pico.

+  Poliana estreia bombando, desbanca a Record e supera várias antecessoras

Ante 7,7 pontos de média da TV Globbo com a exibição do Jornal da Globo e do Conversa com Bial. A Record amargou a terceira posição com 4,6 pontos de média com o reality show de casais Power Couple e Programa do Porchat, que foi pior e figurou na quarta colocação na média geral.

Logo depois, o The Noite – com Danilo Gentili apresentou excelente resultado no ranking geral. Na média geral, da 01h09 às 02h17, o talk show do SBT marcou 5,1 pontos de média, 26% de share e 8 pontos de pico, atingindo a liderança isolada com 12% mais audiência que TV Globo. Com o Conversa com Bial e a série Ponto Cego, a emissora carioca na mesma faixa horária marcou 4,5 pontos de média.

NO THE NOITE, FILHOS DO SEU MADRUGA FAZEM REVELAÇÃO

Miguel e Esteban Valdés, filho e neto de Ramon Valdés, o eterno Seu Madrugada da série Chaves, foram os entrevistados do The Noite com Danilo Gentili que foi ao ar na quarta-feira (09). Os dois estão no Brasil para gravar um documentário sobre a vida do ator mexicano, morto em 1988, e aproveitaram para contar algumas curiosidades sobre ele no talk show do SBT.

+  Segundo Sol tem maior audiência de 2º capítulo desde Império; confira os consolidados de terça-feira (15/05/18)

Miguel, neto de Valdés, revelou que assim como ocorria com o Seu Madrugada na série da Televisa, o avô também devia aluguel na vida real. “Não foi uma vez, foram várias vezes. Antes de ser famoso, meu pai trabalhava como motorista de trailer, vendia comida na rua. Vivíamos em um apartamento e de repente ele falava: ‘Vamos para a casa da sua avó’. Porque o dono do apartamento, diferentemente do Sr. Barriga, não perdoava”, disse.

Esteban, filho de Valdés, contou que o personagem era quase um reflexo do pai por trás das câmeras, e que muitos dos seus bordões na série também eram usados pelo ator no dia a dia. “Meu pai usava essas frases na família: ‘Não te dou outra porque…’ e ‘O que que foi, que que foi, que que há?!’. Roberto [Gómez Bolaños, criador de “Chaves”] pegou a pessoa do meu pai e levou para criar o personagem. Aí incluiu os bordões, a vestimenta. Meu pai também se vestia assim antes do personagem”, declarou. “Quando ele ficava bravo, ficava bravo de verdade. Quando meu pai conheceu minha mãe, eles jogaram braço de ferro para ver quem ganhava. Ele disse: ‘Se quiser minha filha vai ter que me vencer no braço de ferro’. Era muito machão”, completou Miguel.

Os dois ficaram surpresos com a boa recepção do público brasileiro à série mexicana, e não imaginavam que a atração, assim com o Seu Madrugada, eram tão queridos no país. “Não tínhamos ideia. Sabíamos que na América Latina eram conhecidos, mas não sabíamos que o Brasil, em especial, era o lugar onde meu pai era mais querido”, afirmou Esteban.

Cine Espetacular e The Noite superam TV Globo e conquistam 1º lugar de audiência em SP