Atriz de O Outro Lado do Paraíso faz ensaio sem photoshop e exalta o corpo

GPS da FAMA

Taina Müller em O Outro Lado do Paraíso (Foto: Divulgação)
Taina Müller em O Outro Lado do Paraíso (Foto: Divulgação)

No ar em O Outro Lado do Paraíso, novela da faixa das 21h da Rede Globo, na pele de Aura, Tainá Muller fez um ensaio fotográfico e dispensou o uso de photoshop.

Ela posou para a revista Women’s Health Brasil” e dispensou o uso de correções no corpo. “O corpo que tem história possui sua beleza. A gente precisa trabalhar muito o desapego na vida. Quero muito envelhecer. É a melhor hipótese [risos]. Quero ser uma velhinha com mobilidade, bem ativa, principalmente da cabeça”, refletiu.

+BBB18: Em noite de paredão, Kaysar dispara: “Eu sou a única esperança da minha família”

Sobre o medo de envelhecer, ela opinou: “Acho que, quanto era mais jovem, eu tinha mais medo de envelhecer do que tenho hoje. Mas a vida é muito rápida. […] Então é preciso focar no que interessa, não ficar tentando agarrar o imponderável”.

+BBB18: “Se tu ficar, tem que ganhar isso por mim”, dispara Jéssica para Kaysar

Em seu perfil oficial no Instagram, ela comemorou o feito pela revista: “Essa capa é a celebração da história desse corpo, para o qual já tive um olhar bem mais crítico e menos generoso do que tenho hoje. É muito louco pensar que quando era modelo, alguns anos mais jovem e 10kg a menos (sim!) vivia procurando um defeito aqui e outro ali, sem enxergar a perfeição que é simplesmente ter um corpo plenamente capaz, que no meu caso ainda serve de instrumento sagrado do meu trabalho. Um corpo que carrega hoje a história de ter gerado e acolhido um filho bravamente por 8 meses e que depois o alimentou por mais de um ano”.

Essa capa é a celebração da história desse corpo, para o qual já tive um olhar bem mais crítico e menos generoso do que tenho hoje. É muito louco pensar que quando era modelo, alguns anos mais jovem e 10kg a menos (sim! 😱) vivia procurando um defeito aqui e outro ali, sem enxergar a perfeição que é simplesmente ter um corpo plenamente capaz, que no meu caso ainda serve de instrumento sagrado do meu trabalho. Um corpo que carrega hoje a história de ter gerado e acolhido um filho bravamente por 8 meses e que depois o alimentou por mais de um ano. Corpo esse que também tem suas cicatrizes: a que você pode ver na barriga, de retirada do apêndice aos 12, sempre foi camuflada em retoques que escondiam minha sobrevivência àquela cirurgia de urgência. Tem também a do pulso esquerdo, que guarda por debaixo da pele uma placa de titânio de 12cm (sim, sou uma mulher com um punho de titânio 👊🏽😁) resultado de uma aventura juvenil. Enfim, obrigada corpo, por me trazer até aqui. E que a gente possa celebrar nossos corpos com cada vez mais amor e gratidão. Obrigada também @whbrasil, @andrenicolau e @stratosferacom, por comprarem a minha onda nessa nova era que inicia agora, pelo menos pra mim 😌 (créditos na foto)

A post shared by Tainá Müller (@tainamuller) on

Atriz de O Outro Lado do Paraíso faz ensaio sem photoshop e exalta o corpo

amei