Ana Hickmann se emociona ao falar sobre absolvição do cunhado

GPS da FAMA

Gustavo Corrêa, a apresentadora Ana Hickmann e o fã. (Foto: Reprodução/Montagem)

A apresentadora Ana Hickmann enfim pode comemorar a absolvição do seu cunhado, Gustavo Corrêa, pela justiça. O rapaz estava sendo julgado e corria o risco de ser condenado pela morte de um fã da loira.

+ Natallia Rodrigues fala sobre saída da Globo e revela que perdeu um trabalho por causa do Instagram

Na ocasião, Rodrigo de Pádua, que se dizia fã de Ana, invadiu o quarto da apresentadora em um hotel de Belo Horizonte e atirou contra a apresentadora e a mulher de Gustavo, Giovanna Oliveira. Gustavo reagiu e matou o rapaz.

“Eu acho que a primeira palavra que a gente pensa quando vai fazer uma oração é a gratidão mesmo, é agradecer. A gente tem tanta oportunidade na vida que você acaba achando bobagem, mas eu não vejo como bobagem, eu vejo como algo importante e gratidão sim. Gratidão, amor, união, mas gratidão está no topo da lista”, falou ela.

“Graças a Deus a justiça foi feita, não tem como não se emocionar”, acrescentou a loira.

ANA HICKMANN REVELA QUANDO PERDEU A VIRGINDADE

Em um vídeo publicado em seu canal no YouTube, Ana Hickmann revelou algumas curiosidades sobre sua vida. A apresentadora contou, entre outras coisas, a idade que deu o primeiro beijo e que teve sua primeira  vez na cama antes de completar a maior idade.

+ Após suposta crise, Luciana Gimenez chora e fala o que pensa atualmente sobre Marcelo de Carvalho

“O meu primeiro beijo foi aos 13 anos. Foi horrível! Nunca mais quero falar sobre isso”, afirmou a apresentadora. “Minha primeira vez foi aos 15. Fui eu quem decidiu fazer isso”, acrescentou. “E já fiz sexo na piscina”, completou.

E a apresentadora continuou contando seus hábitos. “Não consigo dormir pelada, me dá um pouco de aflição. Pelo menos calcinha e camiseta tem que ter.

Ana Hickmann também falou sobre o momento em que percebeu que estava famosa. “Quando dei autógrafo pela primeira vez, quando fui ao programa da Hebe. Mas me senti muito famosa mesmo quando alguém tatuou meu nome”.

A apresentadora fez questão de lembrar que foi Faustão que a incentivou a ir para a televisão. “Ele é uma pessoa muito generosa”, elogiou ela.

Ana Hickmann se emociona ao falar sobre absolvição do cunhado

amei