Treze completa nove jogos invicto, segue no G-4 na Série D, mas pode se atrapalhar em meio a empates

0
75

Treze enfrentou o Campinense no último domingo em um Clássico dos Maiorais sem grandes emoções. O empate sem gols com o seu maior rival manteve o Galo no G-4 do Grupo 3 da Série D, mas, com isso, o time perdeu a oportunidade de ultrapassar o Rubro-Negro na tabela, pois apenas dois pontos separam uma equipe da outra. Curioso é que, com mais esse resultado de igualdade, o Alvinegro de Campina Grande se tornou a equipe que mais vezes empatou nesta edição da 4ª divisão nacional: sete vezes em 10 jogos.

  • Acompanhe o dia a dia do Galo
  • Veja os números do Treze na temporada 2021
  • Confira a tabela completa da Série D do Campeonato Brasileiro
Galo soma sétimo empate em 10 rodadas na Série D — Foto: Samy Oliveira / Campinense

Galo soma sétimo empate em 10 rodadas na Série D — Foto: Samy Oliveira / Campinense

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

O Galo foi a campo com algumas metas que poderiam ser alcançadas. Uma delas era voltar a vencer um Clássico dos Maiorais, o que não acontece desde a primeira partida da final do Campeonato Paraibano de 2020 e continua sem acontecer. Já outros dois objetivos foram alcançados: manter-se no G-4 e igualar a marca de nove jogos consecutivos sem derrota, sequência que havia acontecido na Série D de 2018, ano em que o Alvinegro conseguiu o acesso para a Série C.

Acontece que, apesar da marca expressiva de estar invicto há nove jogos, a extensa lista de empates pode ser preocupante para o Treze. Antes dos dois últimos resultados — 2 a 2 com o América-RN e 0 a 0 com o Campinense —, o Galo já tinha enfileirado cinco empates — entre a segunda e a sexta rodadas — e, com esses resultados, amargava a lanterna do Grupo 3. Só quando conseguiu duas vitórias seguidas contra o Caucaia — nas rodadas #7 e #8 — foi que o time subiu na tabela e entrou no G-4. Assim, vale o sinal de alerta ligado para que os empate na voltem a descer a equipe na classificação.

Nesta Série D, ninguém empatou mais que o Treze. Quem chegou mais perto foi Esportivo, Cianorte e Porto Velho, com seis igualdades cada. E, desses, apenas o Cianorte também está no G-4 do seu grupo.

A partida do Treze no último domingo, contra o Cmapinense, aconteceu sem a emoção que um Clássico dos Maiorais merece. As duas equipes pouco criaram, e os goleiros praticamente não foram acionados, mostrando o baixo nível técnico aplicado em campo pelos dois times.

Próximo confronto do Galo será com o Sousa, no Estádio Marizão  — Foto: Jefferson Cariri / Treze

Próximo confronto do Galo será com o Sousa, no Estádio Marizão — Foto: Jefferson Cariri / Treze

Em 10 rodadas da primeira fase da Série D, a sequência de sete empates do Treze só foi quebrada com as duas vitórias diante do Caucaia; além disso, houve a derrota na estreia para o ABC. O Galo tem mais quatro partidas pela frente, para buscar se manter no pelotão de elite do Grupo 3 e alcançar resultados positivos, para, além de vencer, também convencer.

O elenco alvinegro se reapresentou na tarde de segunda-feira, no Estádio Presidente Vargas, iniciando a preparação para mais uma partida difícil, mais um confronto direto por uma vaga no G-4, desta vez contra o Sousa, na tentativa de quebrar um tabu, pois o Galo não vence no Estádio Marizão desde 2010. A partida acontece no próximo sábado, às 16h.

Com Ge PB