Tio da vítima: Senador Eunício Oliveira lamenta morte de estudante de medicina

Foto: Reprodução

O ex-senador e presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB), lamentou, neste domingo (13), a morte da estudante de medicina, Mariana de Oliveira, encontrada sem vida em um apartamento de João Pessoa no sábado (12). Mariana era sobrinha do político cearense.

Em nota publicada no Instagram, Eunício Oliveira defendeu o combate ao feminicídio e ao machismo.

“O machismo abjeto e inaceitável que persiste em nossa sociedade precisa acabar. O feminicídio precisa ser combatido por todos nós, como tenho reiterado inúmeras vezes. O machismo mata e enluta famílias”, escreveu.

Eunício  disse ainda que a morte de Mariana deixou a todos consternados.

“Mariana era apaixonada pela medicina, sonhava em exercer sua vocação de cuidar das pessoas através da profissão que escolheu. Uma jovem que teve seu futuro promissor interrompido de maneira tão abrupta”, exclamou.

Confira  nota

Estamos todos muito tristes e pesarosos diante da notícia do falecimento de Mariana Oliveira, sua partida deixou nossa Lavras da Mangabeira absolutamente consternada.

Mariana era apaixonada pela medicina, sonhava em exercer sua vocação de cuidar das pessoas através da profissão que escolheu. Uma jovem que teve seu futuro promissor interrompido de maneira tão abrupta!

O machismo abjeto e inaceitável que persiste em nossa sociedade precisa acabar. O feminicídio precisa ser combatido por todos nós, como tenho reiterado inúmeras vezes. O machismo mata e enluta famílias.

Manifesto minha solidariedade a todos os familiares e amigos que hoje sofrem com essa grande perda, em especial aos seus pais Bosco Oliveira e Francilene Tomás, e ao seu irmão Gustavo Oliveira. Que Deus, em sua infinita bondade, possa confortar o coração de cada um nesse momento de imensa dor e pesar.

Eunício Oliveira
Presidente do MDB Ceará

de Blog do BG