TCE sugere suspensão do São João de Santa Rita por irregularidades em contratos de artistas

São João 2022 de Santa Rita, na Grande João Pessoa — Foto: Danilo Queiroz / g1

O Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) recomendou, nesta quarta-feira (22), a suspensão do São João de Santa Rita, na Grande João Pessoa, após uma auditoria que encontrou indícios de irregularidades na contratação de artistas e banheiros químicos para a festa junina, que acontece até o dia 29 de junho.

Conforme o TCE, em nenhuma das contratações artísticas, feitas por inelegibilidade de licitação, constam a “exposição de motivos” para justificar a escolha do contratado. Os documentos contratuais, inclusive, sequer foram publicados no Portal da Transparência da cidade, e isso também é exigido legalmente.

Em nota, a Prefeitura de Santa Rita, disse que a recomendação do TCE, ocorreu devido a um remanejamento orçamentário, que já foi realizado, aprovado e publicado administrativamente. Ressaltou também que a festa seguirá com a programação normal.

O TCE recomenda a suspensão das apresentações futuras. Na programação, os principais shows devem acontecer nos próximos dias, com apresentações dos principais artistas da festa, a exemplo de Bruno & Marrone, Sirano e Sirino e Tarcísio do Acordeon.

O São João 2022 de Santa Rita começou no dia 4 de junho. Só com a realização dos shows, a Prefeitura da cidade investiu R$ 540 mil.