Sudema realiza cadastramento de passeriformes até esta quinta-feira

A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), por meio da Coordenadoria de Estudos Ambientais (CEA), está promovendo nesta terça (4) e quinta-feira (6), em seu auditório, o cadastramento de passeriformes (pássaros ou passarinhos). O Sistema de Cadastro de Passeriformes (Sispass) acontece em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A chefe de Divisão da Coordenadoria de Estudos Ambientais da Sudema, Cristiane Dantas, explica que o cadastramento é feito por meio da internet, mas que a homologação acontece presencialmente. “Hoje nós somos gerenciadores desse sistema e o principal objetivo é coibir o tráfico de aves. Além de dar a vistoria, fazemos o trabalho de conscientização para que aumente o número de criadores regulares”, explicou.

ss2Paulo Gregório é criador de passeriformes há três anos e busca sempre estar em dia com o cadastro. “Eu acredito que todos temos direitos e deveres, tendo o cadastro eu me sinto mais seguro para ser criador porque é algo que está de acordo com a lei”, comentou. Vale ressaltar que quem for flagrado com aves irregulares irá responder por crime ambiental e ainda pode pagar multa que varia de R$ 500 a até cinco mil reais. 

Sistema de Cadastro de Passeriformes –  Sispass – É o sistema de cadastramento para a pessoa física que deseja manter em cativeiro, sem finalidade comercial, indivíduos das espécies de aves nativas da ordem passeriformes, objetivando a contemplação, estudo e conservação de espécies de pássaros ou para desenvolvimento de tecnologia reprodutiva.