SpaceX lança mais 60 satélites e bate record do Falcon 9

0
102

A SpaceX Falcon 9 lançou outro conjunto de satélites Starlink  num lançamento que destacou um aspecto frequentemente esquecido dos esforços de reutilização da empresa. O Falcon 9 decolou do Complexo de Lançamento Espacial 40 na Estação da Força Espacial de Cabo Canaveral, na Flórida, e lançou sua carga útil de 60 satélites Starlink em órbita 64 minutos depois.

Uma parte do foguete pousou em um navio droneship no Atlântico, oito minutos e meio após a decolagem. Em contraste com alguns lançamentos recentes do Starlink, onde os boosters Falcon 9 foram lançados até 10 vezes, este primeiro estágio do Falcon 9 estava apenas no seu segundo lançamento.

A SpaceX estabeleceu um tipo diferente de marco de reutilização neste lançamento. Uma das duas metades da carenagem de carga útil estava em seu quinto vôo, a primeira vez que uma seção de carenagem de carga havia voado cinco vezes. A metade da carenagem voou em quatro lançamentos Starlink anteriores datados de 2019. A segunda metade da carenagem foi em seu terceiro lançamento, tendo sido usada anteriormente em um lançamento Starlink e na missão rideshare Transporter-1 em janeiro.

Você que ama tudo sobre celular e sempre quis saber como consertar o seu próprio aparelho, vai descobrir agora,e sem sair de casa! Ficou interessado? Então clique no link abaixo e saiba mais.

O lançamento também foi a 40ª missão do Falcon 9 de voar pelo menos uma metade da carenagem de carga útil reutilizada. A empresa discretamente fez uso regular de carenagens de carga útil anteriormente voadas, que disparam paraquedas após a separação do estágio superior do foguete e são recuperadas no oceano por barcos.

O presidente-executivo da SpaceX, Elon Musk, disse há vários anos que a empresa tentaria recuperar e reutilizar carenagens de carga por causa de suas despesas: cerca de US $ 6 milhões cada. “Imagine se você tivesse US $ 6 milhões em dinheiro em um palete voando pelo ar e ele se espatifasse no oceano. Você tentaria recuperar isso? Sim, sim, você faria ”, disse Musk em 2017, depois que a empresa lançar o seu primeiro Falcon 9 reutilizado, sem falar das questões ambientais.

Este lançamento também marcou o 100º lançamento consecutivo do Falcon 9, uma sequência que começou após uma falha de lançamento em junho de 2015 em uma missão de carga comercial da NASA. Essa sequência não inclui a perda do satélite Amos-6 quando um Falcon 9 explodiu durante os preparativos para um teste em setembro de 2016.

O lançamento traz o número total de satélites Starlink em órbita para 1.737, sendo que o CEO da SpaceX já tinha dito que bastariam 1680 satélites em órbita para que a Starlink pudesse oferecer uma cobertura global aos seus utilizadores.

Atualmente, o serviço Starlink beta tem cerca de 10.000 clientes, conforme relatado recentemente e já sabemos que há planos para que ainda durante este ano o serviço de internet por satélite esteja disponível em Portugal. A ambição de Musk para o seu negócio Starlink é criar um serviço de Internet de alta velocidade via satélite que se estenda por todo o mundo e forneça conexão para comunidades rurais e carentes, sendo que recentemente firmou um excelente acordo para a sua plataforma de internet com a Google, que também passa a usar o serviço de internet por satélite para o seu serviço cloud.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões