Sophie Charlotte comemora “bodas” com Daniel de Oliveira: ‘Um amor dourado que me fortalece’

Foto publicada por Sophie Charlotte (Foto: Reprodução/ Instagram)
Foto publicada por Sophie Charlotte (Foto: Reprodução/ Instagram)

A atriz Sophie Charlotte comemorou seu aniversário de 3 anos de casamento com o ator Daniel de Oliveira.

Em seu instagram, nesta quinta (06), ela publicou uma foto do seu casamento junto com um texto carinhoso. “Bodas de trigo. Um amor dourado que me fortalece. Há três anos, no dia 06/12/2015, eu disse o sim mais importante da minha vida”, escreveu ela.

+ O Tempo Não Para: Mariacarla dá rasteira em Samuca e o deixa na miséria

Sophie Charlotte (Foto: Divulgação)
Sophie Charlotte (Foto: Divulgação)

“A vida é bela. Obrigada, Daniel, por me deixar caminhar ao seu lado, meu amor. Te amo muito”, concluiu a jovem. Eles são pai do pequeno Otto, que completou dois aninhos de idade.

MAIS SOBRE SOPHIE CHARLOTTE

A atriz Sophie Charlotte poderá ser vista na próxima segunda-feira, 19 de novembro, na pele de Leona em A Ilha de Ferro, nova série da Globo.

Com roupas sensuais e o cabelo descolorido, Sophie promete dar o que falar com sua nova personagem que contracenará com Cauã Reymond.

Na atração, ela viverá um romance conturbado com Dante, personagem de Cauã e o trairá com Bruno (Klebber Toledo).

“A Leona me ensinou muito. Há alguns anos, nós leríamos essa personagem como uma mulher extremamente apaixonada, louca. Eu comecei a ler os capítulo e ela continuava nessa casa, nessa relação. Eu vi um viés da loucura, submissão, um viés para falar de várias questões complexas.

É uma personagem muito autodestrutiva. Para mim, era muito importante delimitar que era uma mulher desequilibrada numa relação doente, em um casamento que é abusivo também”, conta Sophie.

Sobre o visual da personagem, ela disse que alguns fãs estranharam.  “Nós estamos em um momento onde são feitos muitos julgamentos. Essa personagem parece se oferecer em uma bandeja para você julgar. Quando saíram fotos da Leona, foram replicando, e na terceira republicação colocaram: “Leona, garota de programa”.

É só um exemplo de como as pessoas são julgadas pela roupa, pelo cabelo, só tinha a caracterização e falaram isso. É muito forte a opressão de uma mulher e o que nos leva a desenvolver certos problemas emocionais. Fazer essa personagem é quase como mostrar que existem essas mulheres que amam demais e creditam ao amor a doença. Se o amor não é sanidade, não é mais amor”.