Sete pessoas são presas por arrastão durante evento com presença de Lula em Teresina/PI

Sete pessoas foram presas suspeitas de cometerem furtos durante o evento de visita do ex-presidente Lula (PT), nesta quarta-feira (3) em Teresina/PI. Os furtos teriam acontecido do lado externo do espaço do evento.

Foram presos 3 homens e 4 mulheres. Segundo a Polícia Militar, os suspeitos agiam em grupo. O grupo teria aproveitado a circulação de pessoas nas imediações da arena para roubar as vítimas na Avenida Kennedy.

Eles seriam “lanceiros”, pessoas que tomam os objetos de pessoas distraídas. Logo depois da prisão, pelo menos quatro vítimas foram identificadas.

Segundo o major Audivan, coordenador da Força Tarefa da Secretaria de Segurança, o grupo foi identificado pelos policiais quando estava na Kennedy. Eles entraram juntos em um carro, que foi seguido e abordado na Avenida Dom Severino, onde foram presos.

Eles foram levados para a Central de Flagrantes de Teresina. Com eles foram recuperados vários celulares, carteiras, bolsas, relógios, cartões e dinheiro.