Servidores da educação confirmam greve e só querem retornar as salas de aula quando forem vacinados em CG

0
80
Foto: Reprodução

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab), realizou na tarde da última segunda-feira (01), uma assembleia remota com os servidores da educação de Campina Grande/PB.

O objetivo da assembleia era de formar um diálogo com a classe dos servidores em acordo com as informações repassadas pelo secretário municipal de educação, Raymundo Asfora Neto, na última quinta-feira (28).

Entre os pontos de pauta discutido, estavam o início do ano letivo, o 14º salário da educação, as progressões, as licença-prêmio e a Gratificação de Atividade Especiais (GAE).

Ficou decidido de maneira unânime que os servidores da rede municipal da educação optaram pela greve geral com o retorno as aulas presenciais e remotas somente após a vacinação e do cumprimento de todos os pontos de pauta sobre direitos trabalhistas e de segurança de trabalho.

Veja a Nota:

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO EM GREVE #EmDefesaDaVida

A diretoria do Sintab realizou na tarde desta segunda-feira, dia 01, a primeira assembleia remota dos servidores da educação. Com o objetivo de dialogar com a classe de servidores as informações repassadas pelo Secretário Municipal de Educação (Seduc) Raymundo Asfora Neto, que ocorreu na última quinta-feira. Entre os pontos de pauta discutido, estavam o início do ano letivo, o 14º salário da educação, as progressões, as licença-prêmio e a Gratificação de Atividade Especiais (GAE). Ficou decidido de maneira unânime que os servidores da rede municipal da educação optaram pela greve geral com o retorno as aula presenciais e remotas somente após a vacinação e do cumprimento de todos os pontos de pauta sobre direitos trabalhistas e de segurança de trabalho.

Mais informações aqui: https://sintab.org.br/8444-2/

Com Redação