Semob e Sedec entregam certificados da primeira turma do projeto Agentes Mirins

0
73

Na tarde desta terça-feira (19), 26 estudantes da Escola Municipal Ana Cristina Rolim Machado, em Mangabeira, receberam o certificado de conclusão do curso de Agentes Mirins. Eles formaram a primeira turma do projeto, que foi realizado pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura (Sedec).

A iniciativa tem o objetivo de capacitar os estudantes para serem multiplicadores de bons comportamentos relacionados ao trânsito na comunidade escolar e familiar. A entrega dos certificados foi realizada no auditório Onozandro Morais, na sede da Semob, com a presença do superintendente de Mobilidade Urbana, Adalberto Araújo, e da secretária Municipal de Educação, Edilma da Costa Freire.

Os alunos do 5º ano tiveram no período de 1º de outubro a 8 de novembro, aulas de teóricas sobre noções básicas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) de uma forma fácil para o entendimento. Em seguida, foram ministradas aulas práticas com dicas sobre como se comportar em diversas situações de trânsito, como a travessia da faixa de pedestre, sempre com supervisão da equipe de educadores e agentes de mobilidade.

Adalberto Araújo falou da importância de respeitar as leis de trânsito e parabenizou todos os envolvidos neste projeto que está formando a primeira turma de Agentes Mirins. “Que João Pessoa se torne uma cidade mais humana e que muitas vidas possam ser salvas com as atitudes e exemplos que serão deixados por nossas crianças. É um trabalho muito grande, mas não vamos desistir”, declarou.

A secretária de Educação, Edilma da Costa, falou sobre como é gratificante a construção dessa parceria com a Semob. “Temos certeza que estamos no caminho certo no desenvolvimento de nossas crianças para a construção de um trânsito melhor. Ficamos felizes e abertos para que possamos continuar junto com a Semob fazendo uma educação significativa na vida de nossas crianças”, afirmou.

De acordo com a chefe da Divisão de Educação para o Trânsito (Died), Gilmara Branquinho, uma nova turma será iniciada em breve na mesma escola. “Esperamos que a Escola Ana Cristina faça a diferença e que outros colégios percebam essa mudança e queiram fazer igual”, disse.

O aluno do 5º ano, Carlos Etiene, 10 anos, falou em nome da escola e agradeceu a todos os envolvidos no projeto e pelo conhecimento que foi adquirido. “Levaremos esse aprendizado por toda a nossa vida e seremos multiplicadores de conhecimento sobre o trânsito para que possamos salvar muitas vidas”, afirmou.