Sem oposição, Luciene de Fofinho segue fazendo a pior gestão da história de Bayeux.

Um fato incomum tem chamado atenção na política de Bayeux. Apesar da prefeita Fofinha ter se revelado um desastre como gestora, conquistando em poucos meses a rejeição da população, ela continua sem oposição na cidade.

As principais figuras da política local, como o ex-prefeito interino Jeferson Kita, e os ex-candidatos; Capitão Antonio, Dr. Francisco e Diego do Kipreço, não se movimentam para ocupar o vácuo que se criou na oposição.

A Câmara Municipal está calada, claro. Quem faz oposição hoje à gestão é o povo indignado nas redes sociais, a imprensa e o Ministério Público.

Créditos:ALAN KARDEC

Deixe uma resposta