Secretário Nacional de Desenvolvimento Social declara que governo Bolsonaro desenvolve “maior ação social do globo” durante pandemia

0
13

O paraibano Sérgio Queiroz, Secretário Nacional de Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, declarou que o pacote de medidas de socorro assistencial em curso pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “chega na metade das casas dos brasileiros” e é, nos cálculos do Governo Federal, “a maior ação social do globo”. Nesta terça-feira (30), o ministro Paulo Guedes (Economia) anunciou a prorrogação do Auxílio Emergencial que pagará mais duas parcelas de R$ 600 aos brasileiros.

Em entrevista à Heron Cid e Wallison Bezerra, no radiofônico Hora H, a partir de uma rede de rádios, Sérgio Queiroz afirmou que “a pandemia pegou todo mundo sem manual de instrução”.  “Foi uma tentativa e articulação muito difíceis tendo em vista o déficit deste ano e os investimentos que já foram alocados para o enfrentamento, cerca de R$ 800 bilhões”, contou.

Considerado numero dois do Ministério comandado por Onyx Lorenzoni, o paraibano Sérgio Queiroz revelou que o Governo Federal pretende reforçar a blindagem contra fraudes. “O sistema americano admite inconformidade de 0,82% dos benefícios. A CGU encontrou inconformidade de 0,5%”, comparou.

Para Sérgio Queiroz, as descobertas e denúncias geraram um movimento de correção ética e de fiscalização da própria sociedade. Até agora 54 mil pessoas devolveram benefícios recebidos de forma indevida. O Nordeste, a região mais pobre do Brasil, é responsável por 32% dos beneficiários do auxílio.