Secretaria de Saúde libera visitas a pacientes em unidades hospitalares de Campina Grande/PB

A Secretaria de Saúde de Campina Grande liberou as visitas a pacientes internados em unidades hospitalares municipais. A medida foi possível em razão na queda no número de casos de Covid-19 e da taxa de internação na cidade. Pelo segundo dia consecutivo, o município não apresentou nenhum caso novo da doença.

A decisão permite a visita seguindo todos os protocolos de segurança, como uso de máscara e higienização das mãos e respeitando os procedimentos de visita das unidades, como horários e o número de visitantes. Os acompanhantes das enfermarias também sai autorizados. A liberação da visitação, contudo, não se aplica aos pacientes com Covid-19 internados em UTI.

O Complexo Hospitalar Municipal Pedro I segue sem pacientes internados na enfermaria e apenas três em UTI. Na Unidade Obstétrica de Superação da Covid-19, da maternidade do ISEA, também não há nenhuma gestante ou puérpera com coronavírus em tratamento. No Hospital da Criança e do Adolescente apenas uma criança está internada na enfermaria com suspeita da doença.

“Decidimos autorizar novamente as visitas por entender que o contexto favorece e, além do mais, sabemos a importância do apoio familiar na recuperação doa pacientes. A decisão, porém, não atinge os pacientes de covid-19 da UTI para protegê-los”, disse o secretário de Saúde, Gilney Porto.

Campina Grande tem apenas 1% de ocupação das enfermarias de Covid-19 do SUS e 10% dos leitos de UTI. Em razão disso, inclusive, o Complexo Hospitalar Municipal Pedro I passou a atender pacientes com suspeitas do coronavírus no Hospital de Campanha e destinou o prédio principal para atendimento clínico de outras patologias, com emergência 24 horas.

Fonte: Portal Correio

Foto: Divulgação