Secretaria de Educação Municipal realiza exposição de artesanato com temática junina de artistas do Celeiro Criativo

0
90

Este será mais um ano sem aglomerações durante os festejos juninos. Mas enfeitar o ambiente de trabalho traz um sentimento acolhedor e de esperança. Quem chega ao hall do Centro Administrativo Municipal, em Água Fria, se depara com uma exposição de mostra junina que dá início ao projeto ‘Celeiro Itinerante’, do Celeiro Espaço Criativo da Prefeitura de João Pessoa. A exposição que é organizada pela Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), por meio da Diretoria de Ensino, Gestão e Escola de Formação (Degef), irá ficar no hall até o próximo dia 22.

“Queremos levar um pouco de aconchego para as pessoas que vêm aqui na Prefeitura. Será mais um ano sem São João, mas se Deus quiser isso tudo passará em breve. Essa exposição retrata um pouco da nossa cultura junina, além de estarmos valorizando o trabalho dos nossos artesãos. Foi tudo feito com muito amor e é gratificante ao ver as pessoas admiradas com tamanho capricho”, disse a secretária da Sedec, América Castro.

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

Artistas – Na exposição é possível ver obras produzidas por artesãos genuinamente paraibanos e de diversos municípios do Estado. Têm esculturas em madeira, produzidas por Guariguazi e João Batista Barreto, escultura em cerâmica, produzida por Selma Sanches e Maria José Rodrigues, além de David Queiroz e Analice Uchôa com artes plásticas e naiff, o artesão Roosevelt Fernandes com a decoração, utensílios e assessórios de couro, entre outros artistas da cultura popular nordestina.

“Nosso objetivo é valorizar a produção artesanal da nossa capital. Estamos oferecendo aos visitantes o acesso à diversidade da cultura paraibana, evidenciando o trabalho de artesãos renomados, assim como artesãos anônimos, destacando a arte em madeira e a cerâmica nordestina, que figuram ao lado de brinquedos populares, imagens religiosas e arte naiff”, disse o coordenador do Celeiro Espaço Criativo, Walfrido Henrique.

O Celeiro – Espaço Criativo tem como objetivo valorizar a produção de artes visuais e do artesanato na Capital. O local tem se destacado como uma grande vitrine destinada a escoar a produção do artesanato e tem se mostrado importante no fomento à economia criativa, além de ser um lugar onde o público pode ter acesso à diversidade da cultura paraibana de forma gratuita e permanente.