Saulo Poncio é acusado de promover mala preta em torneio de futevôlei

Saulo Poncio foi acusado de oferecer dinheiro para jogador perder a partida

Saulo Poncio tem sido alvo de uma grande polêmica no seu novo ramo de atuação. O empresário que cuida da dupla Sandrey e Fabrício Brisa no futevôlei foi acusado pelo atleta Gilbert Leal de oferecer dinheiro para Wilson Junior, conhecido como Juninho, para perder. A prática é conhecida como mala preta no esporte.

“Galera, estou aqui confirmando. Não é o Zé do Futevôlei Brasil, peço desculpas aqui e eu confundi o nome. É o Saulo [Poncio]. O Saulo que ofereceu dinheiro para o Juninho. Para mim, esse aí é um vagabundo. Eu não tenho respeito nenhum por ele. Pode ter o dinheiro que for! Ao Juninho é lamentável ele se omitir de uma coisa tão envergonhada para o esporte. Tá aí a minha denúncia. Saulo, é vergonhoso você fazer um negócio desses no esporte que a gente está crescendo agora. O empresário Saulo ofereceu dinheiro ao Juninho para que ele entregasse o jogo e beneficiar a dupla Sandrey e Brisa”, afirmou ele.

Pouco tempo depois, Gilbert Leal publicou uma foto de Saulo Poncio com um X vermelho. “O Deus que você cita eu corro porque a partir de hoje o meu respeito por você é nota zero por uma postura horrível e desonesta da sua parte. Nosso esporte não precisa de pessoas desonestas como você”, declarou o atleta.

O marido de Gabi Brandt começou a empresariar a dupla de atletas no início de novembro. “Assim que vencemos nossas guerras, primeiro acontece no céu e depois acontece na terra. O maior prêmio foi a lição que vocês receberam de Deus! Obrigado por me permitirem viver tudo isso com vocês. Nossa jornada juntos está apenas começando”, escreveu o cantor ao comemorar um prêmio.

 

A notícia: Saulo Poncio é acusado de promover mala preta em torneio de futevôlei é crédito do site TV Pop.