Samsung: Todas as variantes do Galaxy Note 10 Plus terão 5G e 12GB de RAM

0
75
Samsung: Todas as variantes do Galaxy Note 10 Plus terão 5G e 12GB de RAM
Samsung: Todas as variantes do Galaxy Note 10 Plus terão 5G e 12GB de RAM

O Samsung Galaxy Note 10 será revelado no início do próximo mês e, graças a diversas informações divulgadas, já sabemos o que esperar. Uma conta do Twitter conhecida por divulgar informação, o @IceUniverse revelou uma informação que é certo para o mercado chinês.

O Galaxy Note 10 Plus estará totalmente equipado. Segundo o @IceUniverse o phablet virá só com suporte a 5G, não haverá opções com 4G), com 12 GB de RAM e, no mínimo, de 512 GB de armazenamento. Provavelmente haverá uma versão de 1TB (não está claro se o Note10 + terá ou não um compartimento para microSD).

Observe que a concorrência no mercado chinês é bastante competitiva, de modo que as versões locais de telefones geralmente têm mais RAM e armazenamento do que suas versões globais. Por exemplo, o Note10 + deverá começar com 256GB e 8GB de RAM e também terá uma versão 4G. O armazenamento base do Note 10 será de 128 GB.

No entanto, a versão normal do Galaxy Note 10, na China, deverá ter 8GB de RAM e 256Gb de armazenamento, sendo que na versão global é provável que haja uma versão com 128Gb de ROM e, talvez, 6GB de RAM.

O desempenho será impulsionado pela mudança para um armazenamento mais rápido, do UFS 2.1 para o UFS 3.0. Em termos de processador, os telefones equipados com o Exynos usarão o chip mais rápido do Exynos 9825, no entanto em termos de Qualcomm Snapdragon poderá haver alterações. É verdade que até agora apenas tínhamos referência para o Snadpragon 855, mas com o anúncio do 855 Plus e a referência que os primeiros smartphones com este novo processador poderiam chegar em breve, não será surpreendente encontrar o novo processador na gama Note da Samsung.

O que sabemos até agora sobre o Samsung Galaxy Note 10?

O Samsung Galaxy Note 10 deverá ter um ecrã de maior que o antecessor, sendo que se destaca a presença das câmaras frontais no ecrã, não integradas por baixos como se tem demonstrado pela Oppo e Xiaomi, mas sim num buraco no ecrã, tal como no Samsung Galaxy S10 e Galaxy S10 Plus.

A série Galaxy S10 apresenta uma configuração de câmara impressionantemente versátil da empresa coreana; composto de um sensor principal opticamente estabilizado (OIS) de 12 megapixels, com uma abertura f/1.5 a f/2.4 variável, um sensor ultra wide de 16 megapixels e um terceiro sensor OIS com teleobjetiva de 12 megapixels. As expectativas apontam para uma configuração semelhante para a Note 10, embora com uma diferença fundamental.

No lugar do sensor telefoto padrão de 12 megapixels, que atualmente concede ao S10, S10 Plus e S10 5G zoom até 2x, a Samsung criou seu próprio módulo de câmara periscópica para garantir que qualquer telefone que o implemente tenha significativamente maior zoom ótico.

Isso dará ao Note 10 capacidades de zoom muito mais competitivas em comparação com os atuais líderes nessa área: o Huawei P30 Pro e o Oppo Reno 10x Zoom, ambos também usando um design de lente de periscópio transversal próprio.

A Samsung não fez muito para melhorar a sua tecnologia Adaptive Fast Charge de 15W desde a sua introdução, no entanto o Galaxy S10 5G possui um carregamento rápido de 25W, aderindo ao padrão USB Power Delivery 3.0.

O Note 10 (ou pelo menos uma das variante) potencialmente oferecerá carga rápida de 50W, combinando com a tecnologia SuperVOOC da Oppo e superando a carga de 30W da OnePlus, assim como as tecnologias Huawei 40W SuperCharge.

Veja também…

Deixe uma resposta