Saiu! Veja o valor da aposentadoria do INSS para 2021

0
69
Saiu! Veja o valor da aposentadoria do INSS para 2021
Saiu! Veja o valor da aposentadoria do INSS para 2021

No dia 31 de agosto, o Governo Federal entregou o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) para 2021. De acordo com a proposta, o salário mínimo no ano que vem será de R$ 1.067, ou seja, haverá um aumento de R$ 22 em relação ao valor atual, que é de R$ 1.045.

O valor a ser pago em aposentadorias e pensões do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é reajustado de acordo com o salário mínimo do ano vigente. Sendo assim, 35 milhões de brasileiros devem ter um aumento em seus benefícios.

Anúncio

Caso o valor proposto pelo governo seja mantido, o salário mínimo terá um reajuste de 2,10% no próximo ano. Considerando este percentual, o teto do INSS, que atualmente é de R$ 6.101,06, passaria para R$ 6.229,18 em 2021.

Vale ressaltar que o aumento do salário mínimo, e consequentemente dos benefícios do INSS, não indica um ganho real. Isso porque, assim como em 2019, o valor foi calculado com base na inflação. Para que o aumento fosse considerado real, o reajuste deveria ficar acima da inflação no ano.

Poder de compra

Desde a implantação do Plano Real em 1994, durante a gestão de Fernando Henrique Cardoso, o valor do salário mínimo registrava ganhos reais anualmente. Nos mandatos petistas, o critério de correção salarial com aumento real foi oficializado.

No entanto, em 2019, o governo extinguiu esta diretriz. Deste então, o reajuste se restringe a preservar o poder de compra dos brasileiros, como previsto na Constituição.

Aumentar o salário mínimo sem reajuste real é uma forma de garantir alívio financeiro para o governo, considerando que o valor de benefícios previdenciários e assistenciais acompanha o salário mínimo. Estima-se que a cada R$ 1 de aumento, as despesas anuais da União aumentam R$ 355 milhões.

O fato de o reajuste ser calculado a partir do índice de inflação, ou seja, do aumento nos preços ao consumidor, garante que o poder aquisitivo do trabalhador será mantido. Entretanto, segundo especialistas, sem ganhos reais no salário mínimo, a carência da população pode ser mantida durante muito tempo.

De acordo com cálculos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), cerca de 49 milhões de pessoas possuem renda familiar de um salário mínimo mensal, sendo que o valor atual é insuficiente. Segundo a instituição, o salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 4.694,57.

Leia também: Revisão da Vida Toda pode aumentar aposentadoria do INSS em até 6 vezes

Deixe uma resposta