Saiba quem precisa passar por perícia do INSS para conseguir benefício

0
280
INSS antecipa pagamento da aposentadoria de segurados afastados
INSS antecipa pagamento da aposentadoria de segurados afastados

Na última sexta-feira, 25, quase 70% dos médicos peritos retomaram o atendimento presencial nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Como a associação que representa os peritos considerou mais 25 agências aptas para oferecer o atendimento com segurança para médicos e segurados.

As perícias médicas são necessárias para quem precisa comprovar o direito a aposentadoria por invalidez, auxílio-acidente e auxílio-doença. Também precisa sem avaliado, quem recebe aposentadoria e pensão e tem alguma doença grave e recebe isenção do Imposto de Renda.

Anúncio

Além disso, devem passar pela perícia, os aposentados por invalidez que dependem de cuidador e têm direito a um adicional de 25% no valor do benefício, e os aposentados por invalidez que precisam do ajuda permanente de um cuidador em atividades do dia a dia.

Por outro lado, foram liberados de perícia, as pessoas com deficiência e de baixa renda que pedirem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) antecipado.

Quem precisa passar pela perícia médica do INSS?

  • Aqueles que buscam receber aposentadoria por invalidez, auxílio-doença e auxílio-acidente e precisam passar por perícia para ter o benefício liberado;
  • Os aposentados por invalidez que dependem de cuidador e têm direito a um adicional de 25% no valor do benefício;
  • Trabalhador que sofreu lesão, acidente ou doença deve buscar atendimento médico e receberá um atestado para que seja afastado. Neste caso, o patrão paga os primeiros 15 dias de afastamento e a partir disso o trabalhador precisa agendar perícia para passar a receber o auxílio do INSS. Algumas empresas agendam o atendimento para o funcionário;
  • Caso o trabalhador queira concessão da aposentadoria por invalidez, deve requerer, primeiro, o auxílio-doença.

Agendamento

O atendimento nas agências do INSS são feitas por meio de agendamento, pelo Meu INSS ou ligando no 135. Caso você já tenha agendado, porém não foi atendido por falta de perito, pode remarcar nova data. Se tiver o pedido negado, tem o direito de recorrer da negativa em 30 dias.

Veja também: Saiba o valor da aposentadoria do INSS para 2021