Saiba como antecipar até 3 parcelas do FGTS para conseguir empréstimo

0
94
Saiba como antecipar até 3 parcelas do FGTS para conseguir empréstimo
Saiba como antecipar até 3 parcelas do FGTS para conseguir empréstimo

Quem aderiu ao saque-aniversário poderá antecipar até três parcelas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para conseguir empréstimo. Essa nova opção, que entrou em vigor em 2020, poderá ser utilizada como garantia em linha de crédito.

“O empréstimo consiste em uma antecipação do valor do saque disponibilizado no mês do seu aniversário. O saldo do FGTS é utilizado como garantia da operação, trazendo simplicidade e agilidade para a contratação”, explica a Caixa.

Anúncio

Os trabalhadores poderão antecipar até três anos do benefício para crédito no valor mínimo de R$ 2 mil. De acordo com a Caixa, a taxa de juros é bastante atrativa, 0,99% ao mês. “O crédito é rápido e fácil, sem burocracia. Basta acessar o Internet Banking, simular, contratar e utilizar o recurso”, afirma o banco.

Condições e benefícios

Para solicitar o empréstimo, o interessado deve ser maior de 18 anos ou emancipado, possuir conta poupança ou conta corrente na Caixa e estar com CPF em situação regular na Receita Federal.

“Você pode antecipar um, dois e até três anos. E o valor também é variado, até o limite do saldo, tendo no mínimo R$ 2 mil”, informou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

É possível realizar a contratação do serviço por meio da rede de agências ou pelo Internet Banking. A Caixa bloqueia o saldo na conta do FGTS para fins de garantia e libera o valor da antecipação na conta do usuário no dia seguinte. Conheça alguns benefícios:

  • Juros por mês: 0,99%;
  • Juros por ano: 12,54%;
  • Valor mínimo do empréstimo: R$ 2 mil;
  • Antecipação de até três anos do benefício;
  • Facilidade: Crédito rápido e de fácil contratação;
  • Praticidade: Pagamento automático e em parcela única;
  • Rapidez: Dinheiro na conta no dia seguinte à contratação;
  • Conveniência: Não pesa no orçamento pois não tem prestação mensal.

Leia mais: Tem R$ 1.045 no FGTS, mas não foi liberado tudo? Saiba o porquê