Romero ressalta gratidão e apoio a Cássio se ele for candidato a prefeito

0
76
Romero ressalta gratidão e apoio a Cássio se ele for candidato a prefeito
Romero ressalta gratidão e apoio a Cássio se ele for candidato a prefeito

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), garantiu apoio irrestrito ao ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) se ele assumir o projeto de disputar a sua sucessão nas eleições do próximo ano e disse que aguarda uma definição de Cássio para, então, se posicionar sobre o processo eleitoral municipal. “Não existe no meu perfil a palavra ingratidão. Se o senador Cássio decidir que vai disputar a prefeitura de Campina Grande não precisa nem me perguntar, pois meu apoio será dele, sem dúvida. Cássio tem todo o perfil técnico e muita experiência, até mais do que eu e terá minha ajuda para isso. Vou às ruas em busca de votos como fiz na minha eleição”, deixou claro Romero, durante entrevista ao programa “Correio Debate”, da 98 FM.

O ex-senador Cássio Cunha Lima está temporariamente afastado de articulações políticas e não demonstra propósito intransigente de voltar a disputar a prefeitura de Campina, para a qual se elegeu por três vezes. Desde a derrota na campanha pela reeleição ao Senado em 2018, o ex-parlamentar tem priorizado atuação em escritório de advocacia e delegou ao filho, o deputado federal Pedro Cunha Lima, que assumiu a presidência estadual do PSDB, a missão de encetar contatos com os partidos que compõem o seu esquema na cidade Rainha da Borborema acerca das alternativas para a sucessão de Romero Rodrigues.

Na avaliação de Romero, que é também o presidente estadual do PSD, o nome do candidato do seu grupo político, que inclui, também o PSDB, deve ser anunciado até, no máximo, o carnaval de 2020. Ele foi didático, ao ser abordado a respeito: “Vamos aguardar uma definição do senador Cássio Cunha Lima. Peço a Deus sabedoria para que possamos escolher o melhor candidato para Campina Grande e vencermos as eleições”. Romero explicou, por outro lado, o edital publicado pela sua gestão para receber estudos sobre a viabilidade de mudanças nos serviços de abastecimento d’agua no município. De acordo com ele, a iniciativa decorreu do fato de que a concessão de abastecimento d’agua expirou desde 2014. Hoje, o serviço é realizado pela Cagepa, cujas ações em Campina Grande são alvo de críticas por parte de autoridades, mas, sobretudo, da própria população. A sua expectativa é de que os estudos resultem, no futuro, em nova licitação para exploração do serviço de abastecimento d’agua e tratamento de esgoto na cidade. ”Queremos licitar novamente o processo de concessão, até porque é da nossa responsabilidade, mas estamos fazendo tudo dentro da legalidade”, afiançou.

A respeito da polêmica com o governo do Estado em torno da implantação do Veículo Leve sobre Trilho, o prefeito Romero Rodrigues asseverou que não pode prever data de funcionamento, mas que a prefeitura vai implantar o sistema em Campina Grande. Ele descartou que esteja envolvido em queda-de-braço com o governador João Azevêdo (PSB) pela paternidade da execução da obra. “Isso não existe. Temos esse compromisso há muito tempo e estamos trabalhando para que o projeto saia do papel”, finalizou o alcaide campinense.

Deixe uma resposta