Rodrigo Maia menciona Doria, Huck e Mandetta como seus possíveis candidatos para 2022

0
113
Rodrigo Maia menciona Doria, Huck e Mandetta como seus possíveis candidatos para 2022
Rodrigo Maia menciona Doria, Huck e Mandetta como seus possíveis candidatos para 2022

O deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM – RJ), afirmou que para as eleições presidenciais de 2022 espera apoiar um nome que participe do pleito por meio de seu partido, ou alguma sigla aliada. Dentre os possíveis presidenciáveis que Maia admitiu que possa apoiar, estão o do governador tucano João Doria, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e o apresentador global Luciano Huck.

“Eu espero no 2º turno na próxima eleição ter um candidato do DEM ou ligado do DEM, pode ser o Mandetta, o Huck, o Doria“, disse Maia em entrevista ao programa Roda Vida, da TV Cultura. O deputado descartou, no entanto, que pudesse ser ele o candidato. “Toda pessoa que está na política tem sonhos, e a presidência da República é o maior deles, mas o meu perfil é para outro modelo de governo, não o presidencialista“, avaliou. Para Maia, seu perfil não é o indicado “porque eu não sorrio muito, não sou carismático. Eu sou bom na articulação política, então meu perfil seria melhor para o sistema parlamentarista“. disse o parlamentar

Acerca da candidatura do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o presidente da Casa afirmou que é legítimo que ele tenha o direito de disputar. A declaração de Maia é em relação a um projeto de Lei que visa barrar candidaturas de juízes à cargos públicos, obrigando que os mesmo cumpram 8 anos de “quarentena” para que posteriormente possam concorrer.

“Eu acho que nem os deputados, nem os senadores nem o Supremo encaminhariam uma tese de fazer uma lei para proibir uma pessoa de disputar uma eleição. Ficaria muito ruim para a democracia brasileira” comentou ele

Vale relembrar que no ano de 2018, o então candidato à releição à Câmara dos Deputados apoio o pedetista Ciro Gomes na corrida presidencial que obteve Jair Bolsonaro como o grande vencedor.