Ricardo Coutinho diz que voltar ao trabalho na UFPB no dia 3 de janeiro, depois de deixar o governo

Há um pouco menos de 28 dias para deixar o governo da Paraíba o governador Ricardo Coutinho(PSB) já faz planos para quando deixar o Palácio da Redenção. O socialista faz planos para retornar às suas atividades como servidor de agrupamento da Universidade Federal da Paraíba(UFPB), que, segundo a segundo, está de licença desde 1999, sem vencimentos. “A única coisa que eu tenho de concreto é recuperar a minha inscrição na UFPB. O primeiro dia teria que ir lá para reativar meu cadastro, estou em licença sem vencimentos desde 1999,” ele explicou.

Em uma entrevista à Rádio Correio FM, Ricardo diz que não descarta a possibilidade de vir a jogar na cidade de João Pessoa, em 2020, mas salienta que seu governo será marcado na história do estado. “Nós entramos em 2010, faltando quatro meses para o fim do prazo, e fomos em uma aventura com a cara e a coragem, com o claro objetivo de derrotar a hegemonia que se estabeleceram aqui no estado”, lembrou.

“E nós podemos impor um modelo administrativo que tem dado resultados para as pessoas, onde tivemos de tomar medidas que desagradavam mesmo setores do governo”, sublinhou o governador. Sobre o governo de João Azevêdo, Ricardo diz que você quer agir como um conselheiro, mas não como alguém que vai “impor”.

A Escrita

Selecionamos para você