REVIRAVOLTA: evidências fazem polícia não acreditar que criança de Montadas/PB tenha sido raptada

Relato de testemunhas podem dar um novo rumo às investigações sobre o suposto desaparecimento de uma menina de apenas 2 anos, que foi encontrada morta dentro de um barreiro no início da tarde desta segunda-feira (01), na Zona Rural da cidade de Montadas.

É o que apurou com exclusividade o Blog do Márcio Rangel junto à fontes ligadas a Polícia Militar que acompanham o caso.

Moradores relaram à PM que os pais costumavam beber durante os finais de semana e frequentemente negligenciavam a atenção dada a garotinha. A suspeita é que no dia de ontem, eles não tenham observado a saída da menina de casa, só tendo percebido a ausência da criança no início da noite, quando surgiu a hipótese do sequestro.

A versão inicial dada pela mãe de que a criança teria saído de casa para urinar no matagal, e logo depois, teria sido vista sendo raptada por homens em uma moto, também não convenceu os investigadores.

O corpo de Thalita Brito dos Santos (foto) foi localizado, agora há pouco, por uma equipe do Corpo de Bombeiros (2ºBBM) dentro de um reservatório de água no sítio Açudinho. O barreiro fica a menos de 300 metros da casa da família.

O caso agora está sendo acompanhado pelos investigadores do Núcleo de Homicídios da Delegacia Seccional de Esperança.