Restaurantes Populares de João Pessoa serviram mais de 200 mil refeições nos primeiros seis meses de 2019

0
43

De janeiro a junho deste ano foram servidas mais de 255 mil refeições nos Restaurantes Populares do Parque da Lagoa e do bairro de Mangabeira. Os dois dos equipamentos disponibilizados pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) através da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) trabalham na promoção da segurança alimentar e nutricional dos moradores da Capital.

Com cardápio variado e pensado para atender às necessidades nutricionais da população, é cobrado o valor simbólico de R$1,00 para cada prato. As refeições são preparadas diariamente, contando sempre com verduras, frutas e legumes frescos e de qualidade.

Tatiana Ferreira frequenta o Restaurante Popular de Mangabeira há dois anos ao lado da filha e da mãe, e conta que é uma ótima opção para economizar no orçamento. “Venho quase todos os dias, como estou desempregada, o preço do almoço ajuda a diminuir as despesas. A comida é boa e pra quem tem criança em casa, é sempre um prato diferente, ajuda a variar”, reforçou. Ana Sofia, sua filha de sete anos, concorda. “A gente sai daqui de bucho cheio”.

O motorista Gildásio da Costa, de 69 anos, destacou que gosta de almoçar tanto no Restaurante Popular da Lagoa quanto no de Mangabeira há mais de um ano. “A comida nos dois restaurantes é boa. Além de sermos bem tratados pelo atendimento dos funcionários, quando a gente chega, a mesa está sempre limpinha”, completou.

Tatiana e Gildásio fazem parte do público que mais frequenta os Restaurantes Populares, segundo Mariângela Pinto, diretora de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes. “Atendemos principalmente adultos e idosos, mas também há uma procura por parte dos comerciantes, ambulantes, pessoas em situação de rua e quem está visitando João Pessoa e que encontram em nossos restaurantes uma opção de qualidade a baixo custo. Temos o cuidado de entregar refeições feitas com produtos que ajudarão na segurança alimentar das pessoas, promovendo uma vida mais saudável”, frisou.

Cozinhas Comunitárias – A PMJP também dispõe de cozinhas comunitárias, auxiliando na segurança alimentar de famílias carentes da Capital, que podem usufruir gratuitamente de refeições feitas com produtos da agricultura familiar e livres de agrotóxicos. Nos primeiros seis meses deste ano, foram distribuídas 166 mil refeições nas cozinhas dos bairros do Cristo, Novais, Gervásio Maia e comunidades do Taipa e Timbó.