REPERCUSSÃO: presidente da AD Brás critica pastor de CG que classificou igrejas de ”lixão”

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Gleiton Santana, Presidente Executivo da Assembleia de Deus de Campina Grande, repudiou as declarações do pastor bolsonarista Daniel Nunes da Silva, de 57 anos, que durante um culto na cidade de Abreu e Lima, em Pernambuco, chamou de ”lixo” os homens e mulheres que usam brinco, calças apertadas e cabelos longos, além de chamar as igrejas que ‘aceitam’ esse comportamento de ”lixão”.

O Presidente e pastor da AD Brás de Campina Grande criticou a fala preconceituosa de Daniel Nunes e afirmou que ”apenas Jesus tem o poder de julgar as pessoas”.
”É muito triste e decepcionante. Mas eu digo para vocês que aqui, na AD Brás, Jesus salva pessoas, ele cura e também batiza. Aqui, na nossa igreja, nós doutrinamos e não usamos costumes. Os costumes são julgamentos que, muitas vezes, não podem ser sustentados por aqueles que o fazem”, disse Gleiton Santana.