Queiroga pede à Pfizer 50 milhões de doses de vacina “o quanto antes”

0
93

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se reuniu na última segunda-feira, 29, como a presidente da Pfizer no Brasil, Marta Diez, e outros membros da empresa. Durante o encontro, Queiroga solicitou a entrega de 50 milhões de doses da vacina produzida pela farmacêutica “o quanto antes”.

Os imunizantes fazem parte de uma encomenda maior de 100 milhões de doses feita pelo governo brasileiro com o objetivo de acelerar o processo de vacinação no país. A Covid-19 já matou mais de 312.000 pessoas no Brasil, e os números continuam aumentando.

“Precisamos ampliar nossa capacidade vacinal agora. Convido vocês para fazermos esforços conjuntos para garantir essas vacinas o quanto antes”, disse o ministro aos seus interlocutores.

A previsão da Pfizer é que sua vacina começará a chegar ao país entre abril e maio, com os lotes subsequentes sendo entregues semanalmente, de forma escalonada. De acordo com nota da pasta da Saúde, está prevista a chegada de 13,5 milhões de doses no segundo trimestre e 86,5 milhões no terceiro trimestre.

O ministro disse ainda que o governo espera ter 535 milhões de doses do imunizante até o fim do ano, com a maior parte sendo aplicada já nos próximos três meses. “Se todos os brasileiros usassem máscaras, teríamos efeito quase igual ao da vacinação. Usar máscara é uma obrigação de todos os brasileiros”, concluiu Queiroga.

Leia mais: Vacina contra a gripe pode diminuir sintomas da Covid-19; Entenda como