Quanto rende R$ 1.000 investido em fundos, títulos ou poupança com a Selic a 2%?

0
76

Em janeiro, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu manter a taxa de juros do país em 2%, deixando inalterada a margem adotada até então. Agora, é hora de entender como essa taxa afeta a rentabilidade dos investimentos como bolsa de valores, poupança, fundos e títulos públicos.

Para compreender melhor e facilitar os cálculos, vamos considerar um investimento no valor de R$ 1 mil. Então, quanto rende R$ 1 mil aplicado em cada uma dessas modalidades?

O professor Michael Viriato realizou um levantamento que aponta que o investimento mais rentável é aquele feito no mercado acionário. Aplicando R$ 1 mil em um fundo de índice como o Bova11, que replica o Ibovespa, o valor chegará a cerca de R$ 1.956,44 após cinco anos.

Vale destacar que não há garantia alguma de rentabilidade no futuro, mesmo com retorno passado. Por isso, o professor considera apenas expectativas do mercado, e lembra que esse exemplo não é uma recomendação de investimento.

Outro ponto que vale destacar é a importância de diversificar a carteira. A ideia é bem simples: não apostar todas as fichas em um só time e garantir que alguns ativos que estão indo bem vão compensar os que não estão tão bem.

Poupança, CDB e fundo DI

Viriato também faz as contas na poupança, considerando um investimento de seis meses. Nesse caso, ela é mais rentável que o um fundo DI e até mesmo que um CDB (Certificado de Depósito Bancário) de um grande banco, por mais incrível que pareça.

O cálculo leva em conta CDB de uma instituição relevante que paga 90% do CDI e um fundo DI com taxa de administração de 0,5%.

Isso ocorre porque o CDI acompanha a taxa Selic, cujo rendimento está abaixo do nível visto há alguns anos. Além disso, não há incidência de imposto, taxa de administração ou performance sobre tradicional caderneta de poupança.

Tabela comparativa

Confira abaixo uma tabela comparativa e veja quanto rende R$ 1 mil em cada uma das aplicações. Vale destacar que os cálculos consideram apenas expectativas de mercado.

Comparativo de investimentos

Leia mais: Quanto rende R$ 1 milhão no Nubank e na poupança? Veja o comparativo