Quando sai o concurso INSS? Último pedido tem 7.888 vagas com salários até R$ 12 mil

0
67

O concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é um dos mais esperados, pois o órgão já conta com um déficit de cerca de 20 mil servidores. A boa notícia é que a assessoria do órgão confirmou em maio deste ano que um novo edital está sendo planejado para 2022.

Ou seja, ainda falta um bom período para que o documento seja publicado e para o começo da seleção de candidatos. Contudo, levando em consideração a alta concorrência que o concurso deve ter, essa é uma ótima oportunidade para os interessados já irem se preparando para as provas e assim terem maior chance de aprovação.

No momento, a autarquia está em fase de contratação de aposentados e militares da reserva como temporários que começaram a trabalhar no mês junho. A previsão é que apenas após a finalização desses contratos temporários será iniciado o processo de solicitação de novas chances efetivas para concurso.

Pedido de concurso INSS

O último pedido de concurso feito ao Ministério da Economia para o INSS foi feito em 2018, e prevê o preenchimento de 7.888 vagas distribuídos entre três cargos estratégicos para os trabalhos do órgão. Os cargos solicitados e a distribuição das vagas era a seguinte:

  • Técnico do Seguro Social – 3.984 vagas
  • Médico Perito – 2.212 vagas
  • Analista do Seguro Social –  1.692 vagas

A remuneração aproximada para esses cargos é de R$ 5.186 para Técnico do Seguro Social, R$ 7.659 para Médico Perito e R$ 12.683 para Analista do Seguro Social.

O que cai nas provas do concurso INSS?

Prova para Técnico do Seguro Social: Ética no Serviço Público; Regime Jurídico Único; Noções de Direito Constitucional; Noções de Direito Administrativo; Língua Portuguesa; Raciocínio lógico; Noções de Informática e Seguridade Social para conhecimentos específicos.

Prova para Médico Perito: Conhecimentos Língua Portuguesa; Ética no Serviço Público; Noções de Direito Constitucional; e Noções de Direito Administrativo. Os conhecimentos específicos são Legislação referente ao SUS; Medicina Geral; Legislação Previdenciária; Medicina do Trabalho; e Legislação do Trabalho.

Prova para Analista: Língua Portuguesa; Ética no Serviço Público; Noções de Administração; Raciocínio Lógico; Noções de Informática; Direito Administrativo; Legislação Previdenciária; Saúde do Trabalhador e da Pessoa com Deficiência; Direito Constitucional; Direito Previdenciário e Legislação da Assistência Social. Os conhecimentos específicos dependem da área de atuação e do curso de graduação envolvido.

Veja também: Concurso PRF: Projeto pode sair com 2.634 vagas para policial rodoviário