Programação do AnimaCentro agita o fim de semana na Capital

0
49

Mais uma vez o AnimaCentro agitou o fim de semana na Capital, oferecendo uma vasta programação cultural promovida pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Fundação Cultural (Funjope), com teatro, música e muita diversão gratuita para todas as idades.

Neste domingo (18), no Novo Parque da Bica, no Parque da Lagoa e na Praça da Independência, a criançada se divertiu bastante com contação de histórias e personagens infantis, com o espetáculo Bumba Meu Boi e a comédia Arraial das Flores. Na Casa da Pólvora o público assistiu ao show da cantora Nathalie de Lima, que se apresentou acompanhada pelos músicos Eduardo Brito (guitarra), Eduardo Araújo (teclados) e Lula Nicácio (bateria).

No Parque da Bica, o público infantil interagiu e se encantou com personagens como Capitão Gancho, Cinderela, Alice – no País das Maravilhas, e outros, além da contação de histórias e recreações, apresentados pela Cia de Teatro Argonautas, sob a direção de Tony Silva.

Sirléia Barbosa, tia Lara Barbosa e Pedro Baroni, levou os pequenos à Bica e afirmou que é muito interessante ter um local bonito e que proporcione contato com a natureza para levar as crianças. “Encontrar esses personagens é um atrativo a mais para meus sobrinhos e todas as crianças. É um diferencial. Viemos para ver só os animais, mas quando chegamos aqui encontramos esses personagens que a criançada gosta muito. Quando chegarem em casa, com certeza, meus sobrinhos já irão mostrar essas fotos a toda a família”, contou.

“Eu gostei muito, tirei foto das princesas e do Capitão Gancho, porque quando eu era pequena assistia muito ele, e vou voltar outras vezes a Bica”, ressaltou a pequena Nicole Moreira César Farias.

Já na Lagoa, as crianças conheceram a história do Bumba Meu Boi, também apresentado pela companhia de Teatro Argonautas e direção de Tony Silva, que narra à história de um boi muito bonito, que sabe dançar, mas adoece quando é roubado do fazendeiro, seu dono. Quando é encontrado, o boi é curado por Pajés e uma grande festa é realizada para celebrar a saúde do animal. O elenco do espetáculo conta com Valmir Correia, Marinalva Rodrigues, Tatá Ferreira, Leonardo Nobre e Micaell Wolgle.

Gabriela Rocha Nunes levou a sobrinha, de 6 anos, para ver o espetáculo na Lagoa. “Ela gosta muito de teatro, então resolvemos vir. Vimos uma reportagem falando que ia ter essa peça para público livre e aí trouxemos ela e meu filho, de 13 anos. Acho legal que aconteçam essas atividades para crianças, aqui, na Lagoa, e em outros pontos, também, e essa peça, baseada em danças folclóricas, é muito boa para eles terem esse conhecimento”, disse.

Na Praça da Independência, a comédia Arraial das Cores, apresentada pelo Coletivo Porta Cênica, contou a história de uma cidade do Nordeste e de seus moradores, o prefeito, o juiz, o cabo, a dona do bordel e as beatas do local.  A peça é escrita por Everaldo Vasconcelos, dirigida por ele e Kaline Brito. O elenco conta com Bruno Constatino, Bruno Fonseca, Hugo Salvador, Jô Costa, João Victor, Maria Betânia e Sônia Lourdes.

Pólvora Cultural – No Centro Cultural Casa da Pólvora a animação ficou por conta da cantora paraibana Nathalie de Lima, que possui mais de 20 anos de carreira e participações em várias bandas, orquestras e festivais, dentro e fora do Estado. No show, no Pólvora Cultural, ele fez uma homenagem às divas do pop rock brasileiro e internacional, através de um repertório com sucessos de Cássia Eller, Paula Toller, Rita Lee e outras cantoras.

José Carlos de Oliveira Souza Pinto foi prestigiar o Pólvora Cultural. “Achei muito bom, inclusive é um atrativo para que o pessoal venha aproveitar o Centro, que é tão bonito. Isso é muito motivador, vem aqui, curte um som com os amigos, brinca nesse pôr de Sol maravilhoso”.

Já para Fernando Guimarães de Menezes, que é baiano, mas paraibano de coração, a programação do AnimaCentro provoca um resgate da cultura e do ponto histórico da cidade. “Sempre acompanho a programação do AnimaCentro daqui e a da Praça Rio Branco, também, que é a do Sabadinho Bom. Sempre que a gente pode, vem. Eu sou da cidade mas meu amigo é de Fortaleza, a gente veio acompanhar o show da Natália de Lima mas acompanho também na Lagoa e na Praça da Independência. O AnimaCentro é comigo mesmo. Tá aprovado !”, ressaltou.

A programação do AnimaCentro começou na sexta-feira (16), com o Pôr do Sol no Hotel Globo, com a apresentação do cantor e compositor pernambucano Marcus Yazbeck, que misturou  música brasileira e rock. Já no sábado (17), foi a vez do samba com Zé Katimba e Mirandinha, no Sabadinho Bom, na Praça Rio Branco.

O projeto – O AnimaCentro tem como objetivo ocupar os espaços históricos revitalizados pela atual gestão, ofertando uma programação cultural, diversificada e gratuita, para várias faixas etárias, em locais como Parque da Lagoa, Praça da Independência, Praça Rio Branco, Pavilhão do Chá, Galeria Casarão 34, Hotel Globo, Novo Parque da Bica, Villa Sanhauá, Praça Antenor Navarro e Centro Cultural Casa da Pólvora.