Professor que desejou várias vezes a morte de Bolsonaro acaba morrendo

0
219
Professor que desejou várias vezes a morte de Bolsonaro acaba morrendo
Professor que desejou várias vezes a morte de Bolsonaro acaba morrendo

Um cidadão de nome Fábio França, professor há oito anos dos cursos preparatórios de certificação para a Anbima, acabou falecendo, nesta terça-feira (21), “em decorrência de um AVC e de uma pneumonia”. A sua morte foi lamentada pelo Sindicato dos Bancários.

Nas redes sociais, por diversas vezes, Fábio França foi flagrado desejando a morte do presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Eu não desejo a morte para ninguém. Por mim pode enterrar o Bolsonaro vivo mesmo” — diz uma postagem compartilhada pelo falecido professor.

Confira:

Nota do sindicato dos bancários:

“É com imenso pesar que o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região lamenta a morte, ocorrida nesta terça-feira 21, em decorrência de um AVC e de uma pneumonia, do companheiro Fábio França, professor há oito anos dos cursos preparatórios de certificação para a Anbima (CPA-10,CPA-20 e CEA), do Centro de Formação Profissional do Sindicato (CFP), e da Faculdade 28 de Agosto (28A).

Muito querido pelos alunos e também por dirigentes e funcionários do Sindicato, o professor Fábio França também participou, nesse ínterim, de vários cursos preparatórios para concursos públicos do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

‘Além da importância no processo de certificação de centenas de bancários que passaram pelo nosso Centro de Formação Profissional, o Fábio acabava construindo uma relação de amizade com os alunos em sala de aula. Era muito competente, transparente, leve e divertido. Apostava chocolates desafiando os alunos a responderem determinadas questões sobre algum conteúdo e, muito sacana, quase sempre ganhava’, lembra com carinho a dirigente Erica de Oliveira, secretária de Formação do Sindicato.

‘Perdi um amigo, irmão, professor, militante. Perdi um alicerce. Fábio era ‘zika’, autêntico, polêmico, competente e dono de um coração solidário maior do que ele. Literalmente era uma estrela, de muita luz’, lamenta o professor Pio Mielo, presidente da Câmara Municipal de São Caetano do Sul e da Focar, parceira do Sindicato no Centro de Formação Profissional.

Neste momento de dor e saudade, o Sindicato estende as condolências a familiares e amigos.

Professor Fábio, presente!”

Fonte: Jornal da Cidade

Deixe uma resposta