PRIMEIRO GUIA NA TV EM CG: Ana, Bruno e Inácio fazem programas ‘mornos’; Artur Bolinha é mais incisivo

0
56
Foto: Reprodução

As primeiras exibições feitas no guia eleitoral da TV, em Campina Grande, foram ‘mornas’. Nada de ataques, críticas ou denúncias envolvendo candidaturas. E isso já era, inclusive, esperado. Com um tempo reduzido, as coligações aproveitaram o início do guia para apresentar aos eleitores aqueles que estão na disputa, suas trajetórias e conceitos.

Os programas de Ana Cláudia Vital (Podemos), Bruno Cunha Lima (PSD) e Inácio Falcão (PC do B) optaram por programas focados na história e nos valores de cada candidato. A exceção, talvez, tenha ficado por conta do candidato Artur Bolinha, do PSL.

Em sua primeira aparição, Bolinha fez uma ‘crítica velada’ a candidaturas adversárias, ressaltando parentescos e atribuindo um viés ideológico a uma delas.

No caso de Bruno, o diferencial ficou por conta do anúncio de um plano emergencial para o ‘pós-pandemia’. Já o programa de Ana teve, já de início, a participação de seu vice – o sargento Wellington Cobra; enquanto Inácio preferiu marcar terreno nas ruas, com a participação popular em quase todo o programa.

As coligações do Patriota e do PSOL, dos candidatos Edmar Oliveira e Olímpio Rocha, respectivamente, não veicularam os seus programas.

Para além disso, muito pouco.

Considerações feitas, agora é acompanhar o ritmo e os rumos que tomarão conta da campanha em Campina. A expectativa, claro, é que a temperatura aumente, mas que tenhamos também programas propositivos, que apontem soluções para as demandas da cidade. É isso, afinal de contas, o que a população espera desses espaços.

Com Blog Pleno Poder