Prefeitura inicia o processo de compra de armamento letal para a Guarda Civil Municipal

Na tarde desta sexta-feira (18), o prefeito Bruno Cunha Lima esteve na empresa Shotgun Clube de Tiro, com o objetivo de acompanhar o processo de aquisição de armas para a Guarda Civil Municipal de Campina Grande. O contato foi feito com o gestor de negócios da pistola Glock, no Estado da Paraíba, Denis William Coelho.

De acordo com Bruno, desde o período em que esteve à frente da Chefia de Gabinete, o compromisso de dotar a GM de equipamentos foi uma de suas metas. Agora, como prefeito, pode honrar o compromisso de ampliar e equipar a Guarda Civil Municipal.

Em 2021, primeiro ano do mandato,  o prefeito promoveu um concurso para mais do que dobrar o efetivo da corporação. “Agora, iniciamos o processo de aquisição dos armamentos letais, de armas de fogo para nossa Guarda, que trabalha de dia e de noite. Esse é um compromisso nosso de ajudar a combater esta endemia de violência que tem tomado conta da Paraiba”, disse Bruno.

Além do prefeito, participaram do encontro o comandante da Guarda, Rodolfo Emanuel; a GCM Shaiene Araújo; o vereador sargento Neto; os secretários Gilney Porto (Saúde) e Diogo Flávio (Administração); e o coordenador de Comunicação da Prefeitura, Marcos Alfredo Alves.

De acordo com o representante da Glock, Dênis Willian Coelho, a arma adquirida pela Prefeitura é líder mundial em armamento e, hoje, é a pistola mais usada em toda a Segurança Pública no planeta. “São mais de 100 países e a única que tem 10 anos de garantia e dá total segurança ao policial”, frisou.

Nesta primeira rodada de negociação, a Prefeitura está adquirindo 50 pistolas. Quando da efetivação dos candidatos do concurso, vão ser compradas outras 50 armas.